Skip to content
77 3441-7081 — [email protected]

Jacatirão e Manacá-da-Serra

Estamos quase no final do ano, quando o jacatirão nativo floresce no norte do nosso Estado Catarina, manchando com ilhas de vermelho o verde das matas. Mas é só no norte, em Joinville, São Bento, Corupá, Jaraguá do Sul, Barra Velha, São Francisco e algumas outras cidades da região. A florescência do jacatirão começa no início de novembro, às vezes no final de outubro e vai até fevereiro. É arauto colorido da natureza, anunciando o verão, enfeitando o Natal e os anos novos. Em janeiro, ele começa a florescer no Paraná, em São Paulo e outros estados. E a festa das cores vai subindo, espetáculo ímpar da Mãe Natureza.

Pois na nossa região, de Itajaí para baixo, não temos o jacatirão nativo. Aqui só temos o manacá-da-serra, uma versão híbrida do jacatirão, para jardins, que floresce no inverno, em julho, e mais para o interior e para o sul do Brasil temos a quaresmeira, outro tipo de jacatirão que floresce na época da Páscoa. É a mesma flor, só que de tamanho menor e cor mais acentuada.

Então, eis que em meados de novembro, vejo por aqui manacás-da-serra cheios de flores, como se tivéssemos jacatirões nativos. E fico maravilhado com esses milagres da natureza, enchendo meus olhos com as flores de uma árvore que floresce em julho e que este ano no dá uma segunda florada,  na chegada do verão, como se quisesse enfeitar a vinda do Menino Cristo como se fora o jacatirão do qual se origina.

É um privilégio ter flores de jacatirão nesta época do ano, ter uma segunda florada do manacá-da-serra, essa variedade de inverno que emerge espetacularmente fora da sua época brindando-nos com essa beleza de cores que não tínhamos até então.

Obrigado, Mãe Natureza. Obrigado por enfeitar com a flor do manacá-da-serra, com a flor do jacatirão, o nosso Natal e o nosso Ano Novo, tornando-os mais felizes. Obrigado por nos dar a flor do Natal para nos lembrar do nascimento do Menino que significa paz, harmonia e renovação.

Luiz Carlos Amorim

Luiz Carlos Amorim

Coordenador do Grupo Literário A Ilha em SC, com 31 anos de atividades e editor das Edições A Ilha, que publicam a revista Suplemento Literário A Ilha e mais de 50 livros editados. Eleito Personalidade Literária de 2011 pela Academia Catarinense de Letras e Artes. Ocupante da cadeira 19 da Academia Sul Brasileira de Letras. Editor do portal ProsaA, Poesia & Cia. (Http://www.prosapoesiaecia.xpg.com.br ) e autor de 27 livros de crônicas, contos e poemas, três deles publicados no exterior.  Blog:  http://lcamorim.blogspot.com
Categorias
Scroll To Top