Janeiro branco: ansiedade afeta 54% das brasileiras, diz estudo

Principalmente as mulheres dos 18 aos 24 anos, com 58% das participantes.

Por: Caroline Virgilli

Criado em 2014, o janeiro branco tem como objetivo chamar a atenção da sociedade para assuntos relacionados à saúde mental e emocional das pessoas e conscientizar que, assim como o corpo, a mente também deve ser cuidada. De suma importância, durante este mês, são feitas inúmeras campanhas de conscientização em todo o país.

É preciso ter atenção à saúde mental, pois conforme constatou o Trocando Fraldas em seu mais recente estudo, 54% das brasileiras sofreram ou sofrem de ansiedade, 24% de estresse contínuo e 17% de depressão.

A ansiedade afeta principalmente as mulheres mais jovens, dos 18 aos 24 anos, com 58% das participantes, e as que estão tentando engravidar, com 57% delas. Assim como o estresse contínuo, que afeta 26% delas. Já a depressão afeta principalmente as mulheres dos 45 aos 49 anos, com 25% das entrevistadas, e dos 50 anos ou mais, com 21% das mulheres. Os homens também sofrem com ansiedade, 34%, e depressão, 21%.

O Rio Grande do Sul é o estado em que mais mulheres sofrem ou já sofreram com algum desses problemas de saúde mental. Em Minas Gerais e no Rio de Janeiro, 69% e 68%, respectivamente, já tiveram algum problema relacionado a sua saúde mental. Em São Paulo, 64% e na Bahia 61%. O Acre é o estado com o menor percentual e pelo menos metade da população já teve algum problema de saúde mental.

Foto da capa: Divulgação

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,