Laboratório Central Municipal de Vitória da Conquista: mais de 1 milhão de exames realizados em 2018

Por Secretaria de Comunicação Prefeitura de Vitória da Conquista

 

Administrado pela Fundação de Saúde de Vitória da Conquista, o Laboratório Central Municipal (Lacem) oferece mais de 150 tipos de exames e atende, além da população de Vitória da Conquista, 30 diferentes municípios. Funcionando 24 horas por dia, o serviço realizou em 2018 mais de 1 milhão de exames.

Além das coletas feitas no próprio laboratório, onde são executadas as análises com controles de qualidade interno e externo, o Lacem recebe materiais coletados nas unidades de saúde, Presídio Nilton Gonçalves, Centro de Tisiologia e Hanseníase e outros serviços. Servidores também se deslocam até as residências de pacientes atendidos pelo Programa de Atendimento Municipal Domiciliar ao Idoso com Limitação (PAMDIL).

Coordenador do Laboratório Central Municipal (Lacem) de Vitória da Conquista, Ramon Alves. Foto: Secom/PMVC.

Atendendo em média 700 pacientes por dia, o Lacem conta ainda com o serviço de citopatologia (estudo das células e suas alterações morfológicas), que em 2018 liberou cerca de 24.500 laudos de exames. Em 2017, o Governo Municipal incorporou ao Lacem os serviços laboratoriais que antes eram realizados no Centro de Apoio e Atenção à Vida (CAAV).

O coordenador do laboratório, Ramon Alves, ressaltou que todos os exames liberados contam com estrita qualidade graças às rotinas de controle estabelecidas para os serviços ofertados. “Outros pontos positivos foram a descentralização do atendimento, que traz para os usuários a comodidade da coleta próximo de casa e o acesso aos resultados também por meio da internet”, disse. Outra novidade foi o fim da necessidade do jejum para a maioria dos procedimentos. “A Sociedade Brasileira de Patologia entendeu que para refletir de forma mais fidedigna possível o estado do paciente era preciso considerar suas reais condições e isto implica a alimentação, pois a pessoa fica alimentada a maior parte do dia”, explicou Ramon.

Os usuários aprovam o serviço. Para o jardineiro Edivan Carvalho, morador do bairro Conveima, a entrega dos resultados é rápida. “Sempre faço exames aqui e não demora; o pessoal que atende também é muito educado”. E a autônoma Cléia Souza completou: “a coleta é bem rápida, não precisamos ficar muito tempo esperando”.

 

Foto de Capa: Secom/PMVC.

Jornal do Sudoeste

Categorias