Lei que destina recursos para testes de vacinas nacionais de Covid é sancionada

Crédito de R$ 415 milhões será destinado aos testes clínicos. Governo também direcionará recursos a outros setores

Por Poliana Fontenele – Agência Brasil 61

Um projeto aprovado pelo Congresso Nacional que abre crédito suplementar de R$ 415 milhões do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) para custear testes clínicos de vacinas nacionais contra Covid-19, nas fases 1 a 3, foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro nesta sexta-feira (11). O fundo é vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

Atualmente, três imunizantes estão sendo desenvolvidos com apoio do Ministério. Em março, a Versamune, que usa uma proteína do coronavírus para estimular a produção de anticorpos no organismo, foi protocolada na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para início dos testes clínicos das fases 1 e 2. Somente após a fase 3 é que pode ser requerida a autorização emergencial para uso na população.

O crédito suplementar total autorizado pela lei é de cerca de R$ 1 bilhão. Além dos testes clínicos, também serão destinados recursos para obras, meio ambiente, defesa e direitos humanos.

 

Redacão Jornal do Sudoeste

Desde seu lançamento, o JS vem revolucionando a imprensa regional. Foi e continua sendo pioneiro na adoção de cores em todas as suas páginas e no lançamento de suplementos especiais que extrapolam o simples apelo comercial, envolvendo a comunidade em reflexões sobre temas de interesse geral por ocasião do Natal e dos aniversários de emancipação de municípios da sua área de abrangência de circulação.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,