Loja da barba, espera interminável

Comprei um aparelho de cortar cabelo da LOJA DA BARBA, pela internet, e o crédito do meu pagamento entrou na conta da empresa no dia 13 de julho. O prazo de entrega não é citado nem no anúncio dos produtos da Loja da Barba, nem na página “Política de Envio”, do site da empresa. Lá há apenas o seguinte: “O prazo para entrega dos Produtos será informado durante o procedimento de compra”, mas na verdade é informado depois que a gente já comprou. Em algum lugar bem escondido no site, para que o cliente não encontre antes de comprar, existe a informação de que o prazo de entrega é de duas a sete semanas. Só sei  disso porque eles me ensinaram a chegar até lá. Depois da compra, lógico.

Dirigi-me ao relações públicas da empresa, depois de duas semanas do pagamento, para saber porque minha encomenda não havia chegado, e ele me informou que o prazo de entrega era de duas a sete semanas, e não apenas duas semanas, como eu pensava. Achei um absurdo tanto tempo, mas como a empresa diz que podemos rastrear o nosso produto através dos Correios, fui lá ver e fiquei sabendo que o produto que comprei não sai da Loja da Barba, aqui no Brasil, eles não tem os produtos em estoque. Na verdade, a empresa compra o produto da China em nosso nome e o produto é enviado da China direto pra nós. Só que o rastreamento não funciona, durante todo o tempo que rastreei, nesses quase dois meses de espera, no site dos Correios só consta que o produto saiu da China no dia 13 de agosto.  Um mês depois que paguei.

A empresa UPBEAT Corporation – verdadeiro nome da Loja da Barba -,me enrolou desde o começo, pois quando falei com o relações públicas, ele me disse que haviam trocado de transportadora, quando na verdade não há transportadora, o produto vem da China direto pra gente, pelo Correio. Ou deveria vir, porque já extrapolou o prazo de 7 semanas que eles deram e nada chegou até o meu endereço.

Como já se passou quase oito semanas do pagamento do produto, voltei a falar com a Loja da Barba e eles deram outras desculpas esfarrapadas. Como disse que sou jornalista e que ia denunciar o fato de eles não terem entregue o produto que comprei, publicando artigo contando toda a história, para que outros clientes não fossem enganados como eu fui, eles ofereceram o dinheiro pago de volta. Aceitei a devolução, pois o relações públicas me pediu para esperar mais vinte dias para receber o produto. Quer dizer, eu teria que esperar mais, sem a certeza de que receberia alguma coisa. Como confiar numa empresa que não diz nada que espelhe a realidade?

A Loja da Barba enrola o cliente, não diz a verdade, escamoteia as informações e o cliente só tem incomodação. Eles garantem que, no prazo exagerado que eles pedem para entregar a encomenda, o produto estará no nosso endereço, mas não é verdade.

Então, futuros clientes da Loja da Barba, só comprem se estiverem dispostos a esperar muito. E quando digo muito, é muito mesmo, coisa de meses. E não sei se algum dia eles entregam. Eu preferi ter o meu dinheiro de volta, a me incomodar mais com gente que não é honesta nem com as informações, nem com a responsabilidade de quem vende algum produto.

Tenho todos os documentos referentes à compra, os e-mails da empresa, as conversas com o relações públicas da Loja da Barba no Whatsapp, tudo guardado.

Luiz Carlos Amorim

Luiz Carlos Amorim

Coordenador do Grupo Literário A Ilha em SC, com 31 anos de atividades e editor das Edições A Ilha, que publicam a revista Suplemento Literário A Ilha e mais de 50 livros editados. Eleito Personalidade Literária de 2011 pela Academia Catarinense de Letras e Artes. Ocupante da cadeira 19 da Academia Sul Brasileira de Letras. Editor do portal ProsaA, Poesia & Cia. (Http://www.prosapoesiaecia.xpg.com.br ) e autor de 27 livros de crônicas, contos e poemas, três deles publicados no exterior.  Blog:  http://lcamorim.blogspot.com
Categorias