Manifestação contra retirada de direitos no Santander

Hoje (20), em Vitória da Conquista, está sendo realizada uma mobilização com a paralisação das atividades na agência do Centro e no PAA do Santander contra a retirada de direitos e demissões no banco, que tem sido o primeiro a se adequar aos retrocessos da reforma trabalhista. A atividade faz parte do calendário nacional com paralisação das atividades em todo o país.

Cerca de 200 funcionários demitidos no último período, muitos deles foram desligados após retorno de licença médica. Em Vitória da Conquista, no início do ano o banco demitiu três funcionárias após retornarem do afastamento. Atualmente, respaldado pela reforma o banco contratou sete funcionários terceirizados para suprir a demanda que deveria ser atendida por bancários.

Além disso, a proposta do Acordo Individual do Banco de Horas Semestral foi implementada através de um sistema que impõe a proposta para os trabalhadores e sem nenhum diálogo com os Sindicatos. Da mesma forma aconteceu com a mudança na data de pagamento mensal e do 13º, alterados de forma arbitrária. A categoria também está lidando com os aumentos abusivos no plano de saúde e o parcelamento das férias.

“Com todos esses ataques fica colocado para nós trabalhadores que a cada dia que passa se faz mais necessária aproximação com o Sindicato e ter a consciência da necessidade estarmos nos mobilizando em prol da defesa dos nossos direitos. Porque o que estamos vendo é o banco trabalhando contra nós”, ressalta Wolney Soares, diretor do Seeb/VCR.

Redacão Jornal do Sudoeste

Redacão Jornal do Sudoeste

Desde seu lançamento, o JS vem revolucionando a imprensa regional. Foi e continua sendo pioneiro na adoção de cores em todas as suas páginas e no lançamento de suplementos especiais que extrapolam o simples apelo comercial, envolvendo a comunidade em reflexões sobre temas de interesse geral por ocasião do Natal e dos aniversários de emancipação de municípios da sua área de abrangência de circulação.
Categorias