Mapeamento dos Municípios no projeto Bahia Estado Locação segue aberto até segunda (2)

Gestores municipais podem acessar cadastro online coordenado pela Bahia Film Commission

 

Por: Amanda Moreno

 

Gestores municipais têm até a próxima segunda-feira (2) para cadastrar suas localidades no Mapeamento dos Municípios – primeira ação do projeto Bahia Estado Locação, fruto da união entre as secretarias de Cultura (SecultBA) e Turismo (Setur). O Mapeamento visa identificar serviços disponíveis nas cidades baianas, como o patrimônio histórico e cultural, e a diversidade de paisagens e biomas presentes nos territórios que são passíveis de interesse visual e imagético para os mais variados projetos na linguagem audiovisual.

Coordenado pela Bahia Film Commission, unidade da Diretoria de Audiovisual da Fundação Cultural do Estado (Dimas/Funceb), o Mapeamento dos Municípios ocorre através de um formulário online que os gestores municipais preencherão com as informações  institucionais, turísticas, artísticas e referentes às condições para receber uma produção audiovisual, além de imagens de suas locações disponíveis para filmagens nas cidades.

Como seguimento, a Bahia Film Commission cuidará do recebimento das informações e gerenciamento e organização para construção de um catálogo para publicação no site da Bahia Film Commission. O intuito final é demonstrar aos players e produtoras do mercado audiovisual, nacional e internacional, a organização da Bahia, buscando atrair produções audiovisuais para o estado, a fim de construir uma ação efetiva em conjunto entre as gestões de Turismo e Cultura estaduais e municipais.

Bahia Estado Locação – O projeto prevê um conjunto de ações que irão incentivar a cadeia do audiovisual com ações dos pontos de vista econômico e turístico, destacando para dentro e fora do estado o potencial da Bahia. O objetivo é atrair produções de fora do estado e colaborar na viabilização de produções baianas, dando o acesso a autorizações, parcerias, informações de infraestrutura dos municípios e locações em todo o estado. Para que estas possam ser utilizados por filmes, séries, videoclipes, dentre outros formatos audiovisuais de produção. Para movimentar a economia local, o projeto se compromete com a promoção do Catálogo de Municípios junto ao mercado audiovisual, através de estratégias de difusão e relacionamento com produtoras, streamings, canais de TV Paga, entre outros agentes da cadeia produtiva.

 

 

Foto da capa: Divulgação

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,