77 3441-7081 — [email protected]

O Programa Estadual de Rastreamento do Câncer de Mama atende em Bom Jesus da Lapa

Por Lucimar Almeida

 

Para ampliar o acesso das mulheres entre 50 e 69 anos ao exame de mamografia, o Programa Estadual de Rastreamento do Câncer de Mama, estratégia itinerante da Secretaria de Estado da Saúde da Bahia que tem por objetivo promover a prevenção, detecção precoce e tratamento da doença em todo o Estado, está atendendo à população feminina de Bom Jesus da Lapa. A Unidade Móvel está estacionada na Praça Deodoro da Fonseca desde o último dia 12 e os atendimentos prosseguem até o próximo dia 29 de novembro. A iniciativa do Governo do Estado é operacionalizada em parceria com a Prefeitura Municipal de Bom Jesus da Lapa, através da Secretaria Municipal de Saúde. Não há qualquer exigência para o atendimento, que é gratuito e abrange três fases: exame de mamografia, biopsia do material coletado quando necessário e tratamento quando o resultado de laboratório indicar qualquer anomalia.

Mulheres na faixa etária dos 50 aos 69 anos, de Bom Jesus da Lapa, estão sendo atendidas pelo Programa Estadual de Rastreamento do Câncer de Mama. Mulheres na faixa etária dos 50 aos 69 anos, de Bom Jesus da Lapa, estão sendo atendidas pelo Programa Estadual de Rastreamento do Câncer de Mama. Foto: Blog Notícias da Lapa.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Marcélio Magno Magalhães Silva, que tem acompanhado pessoalmente o trabalho das equipes da Secretaria de Estado da Saúde da Bahia, a expectativa é que nos quinze dias em que o Programa vai estar sendo realizado no município, mais de duas mil e quinhentas mulheres sejam atendidas. “Estão sendo realizados 140 exames de mamografia por dia”, lembra o Marcélio Magno, acrescentando que visando dar mais comodidade e assegurar o cumprimento das metas previstas, a Secretaria Municipal de Saúde montou uma estratégia organizacional prévia, utilizando as Unidades de Saúde do Programa Saúde da Família para agendamento das consultas, de forma a permitir que todas as mulheres possam ser atendidas sem atropelos. “Marcada a consulta, a mulher vai se dirigir à Praça Deodoro da Fonseca no dia agendado e será atendida sem atropelos. Tudo organizado e pensado para dar agilidade ao trabalho e qualidade ao atendimento das mulheres”, aponta o secretário.

Para assegurar que a totalidade das mulheres do município, sede e zona rural, na faixa etária dos 50 aos 69 anos sejam atendidas pelo Programa Estadual de Rastreamento do Câncer de Mama, a Secretaria Municipal de Saúde montou um planejamento que incluiu a participação dos Agentes Comunitários de Saúde para identificação e encaminhamento das mulheres para o agendamento.

O secretário Marcélio Magno destacou ainda que todas as mulheres submetidas à mamografia e que por apresentar anomalias tiverem material encaminhado para biopsia e for constatada a doença, serão direcionadas para uma Unidade de Alta Complexidade em Oncologia para o tratamento com todas as despesas – passagens, hospedagem e alimentação – pagas pela Prefeitura Municipal.

Jornal do Sudoeste

Categorias