“Papo Aberto” esclarece tudo sobre o retorno presencial da Uesb

Por: Ascom UESB VCA

Para esclarecer algumas dúvidas sobre o próximo período letivo, referente ao primeiro semestre de 2021, a Uesb realiza mais uma edição do programa “Papo Aberto”. Nele, é possível entender os principais pontos discutidos na última reunião do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe), realizada nos últimos dias 27 de outubro e 3 de novembro, em que a Resolução 039/2021 foi aprovada.

Qual a data de início das aulas? Como serão desenvolvidas as atividades pedagógicas? Quais os protocolos de segurança para o retorno presencial? O que ficou decidido sobre os setores de atendimento ao público, como creches, restaurantes, bibliotecas e outros? Essas e outras perguntas serão respondidas durante o programa, que recebe o professor Luiz Otávio de Magalhães, reitor da Uesb.

    O vídeo completo pode ser conferido aqui.

Retorno das atividades – Sobre o início do semestre letivo de 2021.1, o reitor destaca que acontecerá no dia 6 de dezembro, devido a não realização das atividades acadêmicas durante os meses de março a outubro de 2020, paralisadas pela pandemia, causada pela Covid-19. “Isso aconteceu não só na Uesb, como nas universidades públicas de todo o país. Várias universidades, quando retornaram, foram com atividades especiais ou disciplinas optativas e não foi esse o caminho que a Uesb adotou. Quando retomamos, foi com o calendário regular”, explicou.

De acordo com o gestor, ainda no mês de dezembro, as aulas se manterão de forma remota, devido ao levantamento realizado sobre a quantidade de alunos que ainda não tiveram acesso à segunda dose da vacina. Dessa forma, no calendário letivo, conforme Resolução 039/2021, ficou estipulado que, durante o mês de dezembro, as aulas acontecerão em ambiente on-line. Após o recesso acadêmico e as férias dos professores, ou seja, a partir do dia 2 de fevereiro, as aulas serão retomadas em modalidade presencial, conforme o Calendário Acadêmico.

É importante destacar que, nesse retorno das atividades presenciais, ainda serão permitidas atividades remotas, conforme o planejamento do professor, desde que não ultrapasse 25% da carga horária estipulada da disciplina.

Protocolos de biossegurança – Para o retorno das atividades presenciais, a Universidade adotou uma série de protocolos para conter a disseminação do vírus entre a população acadêmica da Instituição. O primeiro protocolo diz respeito à vacinação, no qual, todos os discentes, docentes e funcionários deverão comprovar que receberam as duas doses da vacina contra a Covid-19. Essa comprovação será obrigatória para acesso aos espaços acadêmicos.

O segundo protocolo adotado pela Instituição diz respeito à manutenção do uso de máscaras. “Enquanto não tivermos 100% da população vacinada, ainda temos a circulação do vírus. Então, é importante também a proteção por meio do uso de máscaras”, pontuou o reitor. Também serão adotadas medidas de distanciamento social, cuidados básicos de higienização pessoal etc. Nos três campi, já foram instaladas pias móveis e distribuídos suportes com álcool,  para atender essa demanda.

No que se refere à circulação em ambientes como bibliotecas, restaurantes, Residência Universitária e creches, foi deliberado que só poderão utilizar esses espaços aqueles que comprovem sua imunização. O reitor ainda complementa, informando que, para a utilização de restaurantes e creches universitárias, serão adotados os mesmos protocolos Municipais.

Segurança e cuidado – No bate-papo, o gestor ainda reforça que todas as medidas e decisões tomadas estão associadas aos dados concretos sobre o atual cenário em que se encontra a saúde pública do país e, sobretudo, a região. No entanto, o Consepe permanecerá em alerta com relação aos dados sobre a circulação do vírus, podendo haver ou não alteração da Resolução. “A Resolução foi feita em um determinado cenário. Desde que a campanha de vacinação se intensificou, a gente vem assistindo decréscimos evidentes nos riscos de contaminação e de óbito. Então, para que possamos implementar o que foi planejado, é necessário que essa tendência continue”, defendeu Magalhães.

O reitor da Universidade reforça aos discentes ativos e novos alunos que a Universidade é uma Instituição chave para qualquer projeto de futuro. “A Uesb é uma instituição formada por professores, funcionários e estudantes que possuem um profundo senso de responsabilidade, compromisso e solidariedade. Estamos aqui para oferecer mais de 40 oportunidades de trajetória acadêmica e profissional e queremos fazer isso com muito cuidado e com muito carinho”, finalizou.

 

 

 

Foto de Capa: Divulgação

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,