Skip to content
77 3441-7081 — [email protected]

Quando o olhar encontra o silêncio

Eles se encontraram depois de muito, muito tempo.

Sem palavras.

Apenas o olhar avaliador.

Ela percebeu que aqueles conhecidos olhos passeavam pelo seu corpo.

E ele realmente olhava com atenção, o desalinho dos seus cabelos, as rugas do seu rosto que, no último encontro, não estavam ali, cada novo detalhe que surgira com o tempo.

Olhou e avaliou sem qualquer constrangimento.

Não se deu conta de que também estava sendo analisado.

Ele parecia querer saber, identificar, tudo o que se modificara enquanto estivera longe.

Parou nos olhos.

Olhos para aqueles a que se declarara tantas vezes.

Silêncio .

Foi só quando ali chegou que percebeu: enquanto avaliava também estava sendo meticulosamente desvendado.

Como velhos amigos, ao se encontrarem, os olhares se acomodaram.

Ficaram contemplando um ao outro como se nunca tivessem deixado aquele ninho tão familiar.

Perderam-se.

Em silêncio.

Um barulho ao longe fez com que voltassem à realidade.

Sem qualquer palavra afastaram-se como se aquele momento não houvesse existido.

Existiu.

Mas foi pela última vez.

Vivian Antunes

Vivian Antunes

Vivi Antunes é ajuntadora de letrinhas e assim o faz às segundas, quartas e sextas no www.viviantunes.com.br
Categorias
Scroll To Top