Warning: file_put_contents(/home/jornaldosudoeste/www/wp-content/uploads/bb-plugin/cache/e61fb67aaa52c10ab6ee26f64296fe5b-layout-bundle.js): failed to open stream: Disk quota exceeded in /home/jornaldosudoeste/www/wp-content/plugins/bb-theme-builder/classes/class-fl-theme-builder-layout-renderer.php on line 245
77 3441-7081 — [email protected]

Quase dois milhões de mesários vão trabalhar no primeiro turno

De acordo com Tribunal Superior Eleitoral, cerca de 50% das pessoas estimadas são voluntárias

 

Por Juliana Moraes, do R7

 

Mais de 1,9 milhão de mesários devem trabalhar em todo o país no primeiro turno das eleições em 2018. De acordo com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), a estimativa é feita com base na média de quatro mesários por seção eleitoral, seguindo a experiência das eleições anteriores.

Ainda segundo o TSE, cerca de 50% do total de mesários são voluntários. No Distrito Federal, no entanto, o número de mesários voluntários chega a 90% do total.

O número preciso de mesários só pode ser oficializado depois das eleições. Por isso, no momento, o TSE não tem como “segmentar esses dados por faixa etária, grau de instrução e gênero.”

No exterior, cerca de sete mil pessoas trabalham como mesários em seções eleitorais.

Para o segundo turno, o número de mesários cai. O TSE esclarece, porém, que ainda não tem como estimar o número “sem antes saber as localidades onde ocorrerá o novo pleito.”

São Paulo é o estado que concentra o maior número de mesários. Estima-se que 388.672 trabalharão nas quase 100 mil seções eleitorais. Roraima, por sua vez, tem estimativa de 5.164 mesários no primeiro turno.

O TSE ainda salienta que, de acordo com “o art. 16 da Resolução TSE nº 23.548/2018 – atos preparatórios:

‘Constituirão as mesas receptoras de votos e as de justificativas um presidente, um primeiro e um segundo mesários, dois secretários e um suplente.

§ 1º Os tribunais regionais eleitorais, visando à racionalização de recursos, poderão dispensar o segundo secretário e o suplente na composição das mesas receptoras de votos.

§ 2º No segundo turno, conforme avaliação dos tribunais regionais eleitorais, a composição das mesas receptoras de votos poderá ser reduzida para três membros’.”

Benefícios oferecidos aos mesários:

Vale Refeição

Cada mesário recebe até R$ 35,00 de vale refeição; cada estado pode oferecer alimentação diretamente em vez do dinheiro, desde que seja observado o valor máximo estabelecido.

Cadastro para ser mesário

O eleitor pode preencher um pré-cadastro na internet no portal de cada TER (Tribunal Regional Eleitoral). Tal preenchimento, no entanto, não garante que o mesário será convocado.

Mais benefícios:

– Desempate em concursos que prevejam essa regra em edital;
– Folgas em dobro pelos dias convocados pela Justiça Eleitoral;
– Em alguns convênios celebrados com instituições de ensino superior, a concessão de horas de crédito em algumas disciplinas.

Foto capa: Alan Marques/Folhapress

Jornal do Sudoeste

Categorias