Registro Nacional de Veículos em Estoque dará mais agilidade ao processo de transferência de propriedade

O diretor-geral do Denatran, Frederico Carneiro, afirma que o objetivo do Renave é simplificar, baratear e desburocratizar o serviço de transferência de propriedade de veículos

 

Por Luciana Bueno/ Agência Brasil 61

 

Desenvolvido pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), o Registro Nacional de Veículos em Estoque (Renave) foi lançado nesta terça-feira (2) pelo Ministério da Infraestrutura, por meio do Denatran.

Com a nova medida, após a adesão do Detran ao Renave, a concessionária ou revendedora deve fazer o cadastro no Sistema Credencia, que autoriza as empresas para utilização dos serviços eletrônicos do Denatran.

Depois do cadastramento, a companhia terá os sistemas integrados às bases do Detran e da Receita Federal do Brasil. Com isso, quando for efetuada a venda de um veículo, por exemplo, basta fazer o registro on-line e a transferência da propriedade é comunicada aos órgãos competentes e validada a nota fiscal eletrônica (NF-e) na base da Receita Federal.

O diretor-geral do Denatran, Frederico Carneiro, afirma que o objetivo do Renave é simplificar, baratear e desburocratizar o serviço de transferência de propriedade de veículos. Segundo ele, com a nova medida, a pessoa que comprar um veículo na loja, poderá sair com ele transferido para seu nome em qualquer dia da semana.

 

Foto de Capa: Arquivo/ EBC.

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,