Renato Feder pode ser confirmado como novo ministro da Educação

Ex-secretário de Educação do Paraná tem 41 anos e assume o posto no lugar de Abraham Weintraub

Por Marquezan Araújo – agência Brasil 61

O paulistano Renato Feder é o novo ministro da Educação do governo Bolsonaro. O ex-secretário de Educação do Paraná, de 41 anos, assume o posto no lugar de Abraham Weintraub, que deixou o governo no fim de junho.

Feder é economista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Aos 16 anos, já dava aulas de matemática na sinagoga que frequentava e também foi professor voluntário de turmas compostas por jovens e adultos. Além disso, foi diretor voluntário de uma escola de ensino básico da comunidade judaica.

Antes de Feder assumir, o Ministério da Educação era comandado por Abraham Weintraub, que deixou o cargo e é cotado para ser diretor no Banco Mundial.

Com a saída de Weintraub, Bolsonaro escolheu, inicialmente, o professor Carlos Decotelli para assumir a pasta. Depois das descobertas de inconsistências em seu currículo, Decotelli deixou o comando do MEC mesmo antes de tomar posse.

Redacão Jornal do Sudoeste

Redacão Jornal do Sudoeste

Desde seu lançamento, o JS vem revolucionando a imprensa regional. Foi e continua sendo pioneiro na adoção de cores em todas as suas páginas e no lançamento de suplementos especiais que extrapolam o simples apelo comercial, envolvendo a comunidade em reflexões sobre temas de interesse geral por ocasião do Natal e dos aniversários de emancipação de municípios da sua área de abrangência de circulação.
Categorias , ,