Secti lança diálogos virtuais em comemoração à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

Na sua primeira edição, o projeto aborda o tema Inteligência Artificial

 

Por Ascom Secti

Arte: Divulgação.

Em meio à pandemia de Covid-19, os encontros que eram frequentes entre os atores do ecossistema de inovação, tiveram de ser suspensos devido às normas de distanciamento social. Pensando em se adaptar a essa situação, ainda mais no mês em que ocorre a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), a Secti lança, a partir do dia 22 de outubro, às 10h30, a série chamada “SECTI: Diálogos Virtuais”, com transmissão ao vivo em seu canal do Youtube. No formato quinzenal, cada edição vai trazer convidados especiais para debater assuntos relacionados à CT&I, com o objetivo de reiterar a necessidade de investir neste tema para o avanço da sociedade.

Em sua estreia, a série, que possui duração média de 2h por episódio, traz os convidados Dora Kaufman e Luciano de Oliveira, para um diálogo sobre Inteligência Artificial, tema constantemente analisado quando o assunto é inovação na contemporaneidade. Dora é professora do Programa de Tecnologias da Inteligência e Design Digital PUC SP, autora dos livros “O Despertar de Gulliver: os desafios das empresas nas redes digitais”, e “A inteligência artificial irá suplantar a inteligência humana?”, coautora do livro “Empresas e Consumidores em Rede: um Estudo das Práticas Colaborativas no Brasil”, além de colunista da Época Negócios. Já Luciano é professor associado do Dept. de Ciência da Computação, da Universidade Federal da Bahia (Ufba) e especialista em aprendizado de máquina aplicado à imagem e vídeo, atuando tanto na concepção de novos métodos para detecção e segmentação de objetos em audiovisual, como também em projetos inovadores com a indústria.
De acordo com a secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Adélia Pinheiro, a iniciativa vem para fortalecer a SNCT, que acontece todo mês de outubro com grandes encontros, palestras e oficinas, mas que neste ano acontecerá de forma virtual. “O mundo precisou alterar a sua dinâmica e é um desafio para nós saber como ele passará a se comportar neste novo contexto e como a C,T&I podem ajudar a sociedade no processo de mudança. Além disso, com novos hábitos, surgem também novas demandas para esta pasta, que precisam ser atualizadas. Foi com essa premissa que no ano passado realizamos as conferências regionais, que culminaram na Conferência Estadual, com vistas a atualizar as políticas deste setor, para melhor atender à sociedade e toda a Bahia”, declarou.
Tendo em vista que as tecnologias têm sido fundamentais para que a sociedade consiga atravessar o período de pandemia, com soluções aplicadas para controle da situação pandêmica, Adélia afirma que a CT&I têm se mostrado um dos grandes, senão o maior dos pilares de sustentação para a busca de soluções e na tomada de decisões em todas as áreas. “Diante dessa situação e dos desafios que se apresentarão, após a pandemia, é fundamental que haja um profundo diálogo entre os participantes do ecossistema de inovação e todas as áreas onde possam se integrar, a fim de produzir melhores soluções e condições de vida para as pessoas”, completou a secretária, que fará a abertura do seminário.

Jornal do Sudoeste

Categorias ,