Situação de nove pontes e pontilhões é monitorada pela Seinfra

Por Secom/GovBA

A Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra) também monitora a situação de nove pontes e pontilhões em sete diferentes regiões do Estado afetadas pelas chuvas do mês de dezembro, além das rodovias. Os equipamentos são importantes vias de acesso às cidades e distritos e foram danificados devido a rompimento de aterro ou ter cedido um dos encontros.
As pontes e os pontilhões observados são: sobre o Rio Água Piranga; da Urissangas; de acesso à Itapitanga; sobre o Rio Cipó; entre Inhobim e Encruzilhada; no acesso ao Distrito de Guaibim; entre o Distrito de Itaibó, em Jequié, e Baixa Alegre; de acesso à Prado; entre os Distritos de Ventania e Caiubi, em Itapebi. O tráfego foi liberado em alguns equipamentos e outros somente serão retomados após a execução de serviços.
Em rodovias, a Seinfra registrou mais uma ocorrência nova no Oeste baiano na manhã desta sexta-feira (31); aumentando para um total de 50 pontos monitorados pelo órgão a fim de permitir à trafegabilidade entre os municípios. A BA-225, da BA-135, próximo ao Distrito de Pipiri, em Formosa do Rio Preto, até a divisa entre Bahia e Tocantins, apresentou erosões no bordo da pista entre os KMs 40 e 50. A equipe técnica do órgão realiza um levantamento para verificar as intervenções necessárias. O fluxo de veículos está normal na rodovia.
A lista com os pontos de rodovias baianas afetados pelas fortes chuvas deste mês de dezembro (50) está disponível neste link: bit.ly/Seinframonitora
As ações realizadas pelo Governo do Estado podem ser conferidas no www.ba.gov.br.

Redacão Jornal do Sudoeste

Desde seu lançamento, o JS vem revolucionando a imprensa regional. Foi e continua sendo pioneiro na adoção de cores em todas as suas páginas e no lançamento de suplementos especiais que extrapolam o simples apelo comercial, envolvendo a comunidade em reflexões sobre temas de interesse geral por ocasião do Natal e dos aniversários de emancipação de municípios da sua área de abrangência de circulação.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,