77 3441-7081 — [email protected]

Superintendência Federal da Agricultura da Bahia tem novo dirigente

Por Ivana Ramacioti

 

A Superintendência Federal da Agricultura da Bahia (SFA-Ba) empossou na noite de ontem (20), no auditório da Federação da Agricultura e Pecuária – Bahia (Faeb), seu novo dirigente, Paulo Emílio Torres. Conduzido ao cargo em função de sua reconhecida capacidade técnica e perfil profissional, Torres tem ampla experiência em defesa agropecuária em 25 anos de profissão. É Médico Veterinário, graduado pela Universidade Federal da Bahia (Ufba-1994), Mestre em Ciências Agrárias (2003) pela mesma instituição e Fiscal Estadual Agropecuário da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab). Atualmente, preside a Sociedade Brasileira de Defesa Agropecuária e é membro do Conselho Regional de Medicina Veterinária da Bahia.

Durante a cerimônia, Paulo Emílio Torres enfatizou a dimensão do desafio. “O diálogo e o entendimento serão premissas do nosso trabalho. Temos diversos setores com seus objetivos específicos mas, todos trilhando por um caminho em comum: a agropecuária baiana. Então, temos que aproximar os setores – indústria, comércio e agricultura – para entender cada demanda e oferecer soluções que levem desenvolvimento a todos, aliando ainda a pesquisa, a defesa e a extensão rural”, disse Torres que é Especialista em Higiene e Inspeção de Produtos de Origem Animal pela Sociedade de Medicina Veterinária da Bahia (SMVBA-2006) e em Inspeção Higiênico Sanitária e Tecnologia de Leite e Derivados pelo Colégio Brasileiro de Médicos Veterinários Higienistas de Alimentos (2007). Entre 2006 e 2018 atuou como professor universitário da União Metropolitana de Educação e Cultura (Unime) e foi também Coordenador do curso de Especialização em Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal da SMVBA/Unime. No período de 2008 a 2010 foi Diretor de Inspeção de Produtos de Origem Agropecuária da Adab, autarquia vinculada à Secretaria de Agricultura da Bahia, tornando-se Diretor Geral do órgão de 2010 a 2014.

Com o auditório ocupado por cerca de 200 pessoas, representando as principais entidades da agropecuária baiana, setor produtivo, instituições privadas e sindicais, Paulo Emílio foi empossado pelo Superintendente Federal da Agricultura substituto, Altair Santana, acompanhado pelo Presidente do Sindicato das Indústrias de Leite (SindLeite), Paulo Sintra, pela representante da Sociedade de Medicina Veterinária da Bahia (SMVBA), Ana Elisa, pelo presidente da Faeb, Humberto Miranda, pelos Secretários Estaduais de Meio Ambiente (Sema), João Carlos Silva,  e Agricultura (Seagri), Lucas Costa, pelo Tenente Coronel Pedro Jorge, representando o Coronel Anselmo da Polícia Militar da Bahia e pelo presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins. Ao empossar o novo Superintendente Federal da Agricultura, Altair Santana falou do clima de contentamento da SFA-Ba. “O nome de Paulo Emílio foi festejado com unanimidade pelos colaboradores e nossa expectativa é de que essa gestão aconteça de forma que renove as estratégias da agropecuária na Bahia”. O mesmo foi dito por Paulo Sintra, presidente do SindLeite, representando todos os setores da agroindústria. “A partir de agora teremos dias melhores. O setor está unido neste propósito, objetivando o aumento do PIB baiano e com a certeza de que a visão de trabalho diferenciada do Paulo Emílio vai trazer bons resultados”.

De acordo com o presidente da CNA, João Martins, o Brasil passa por um novo momento que exige a chancela da competência. “Por isso o desafio de Paulo Emílio é ainda maior. Enquanto Superintendente, ele terá como obrigação a prestação de contas à Bahia, fazendo uma gestão diferenciada para que nosso Estado seja novamente digno de respeito como já foi há tempos”, enfatizou Martins.

Para Ana Elisa, representante da SMVBA, o melhor salário de um professor é o sucesso de seu aluno. “Fui professora de Paulo Emílio Torres na faculdade e hoje me sinto honrada em presenciar esta posse. O trabalho de excelência dele vai corresponder à confiança depositada por todos nós”. O presidente da Faeb, Humberto Miranda, acrescentou que o auditório lotado durante a cerimônia mostrou o tamanho da responsabilidade dessa nova jornada. “Mas também representa o apoio e a segurança que a SFA-Ba terá ao abrigar objetivos, pessoas e ações em prol da bandeira da agropecuária na Bahia”.

O secretário de Meio Ambiente, João Carlos falou sobre a dedicação ao serviço público do Superintendente ao longo de sua carreira. “Paulo Emílio é dessas raras pessoas que agrega com eficiência, eficácia e, sobretudo, com efetividade. E esses são os principais atributos de um servidor público”. Por fim, o Tenente Coronel Pedro Jorge, parabenizou o Superintendente, renovando a disponibilidade da PM para o estabelecimento de parcerias já que “a segurança do homem do campo e sua produção também contribui para uma sociedade melhor”.

Jornal do Sudoeste

Categorias