Superintendente de Trânsito e Transportes de Brumado presta esclarecimentos sobre serviços executados pelo Dnit

Em entrevista coletiva realizada na manhã da quinta-feira (19), na Infraestrutura, Serviços Públicos, Desenvolvimento Econômico, Trânsito e Transportes, o titular da pasta e Superintendente Municipal de Trânsito e Transportes, engenheiro André Luís Cardoso, acompanhado do Coordenador de Educação da Superintendência, Jansen Ricardo Rocha da Silva, prestou esclarecimentos em relação ao recapeamento de vias públicas e à sinalização vertical executados em um trecho de cerca de sete quilômetros nos principais corredores de tráfego centrais da cidade, realizados pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

Segundo André Cardoso as obras de requalificação asfáltica que beneficiou as Ruas Cel. Tibério Meira, Dr. Mário Moura e Dr. Marcolino Moura, na área central da cidade, utilizou o processo de micro revestimento asfáltico, apropriado para áreas urbanas por ter uma vida útil maior. Ressaltou, no entanto, que o projeto executado pelo Dnit, que teria sido elaborado há quase quatro anos e estaria ultrapassado, não contemplou as alterações observadas no perímetro urbano, mas que a Superintendência, que não foi consultada previamente, fez observações que resultaram em pequenas adequações para assegurar a qualidade dos serviços.

Com relação à sinalização horizonte e vertical, que foi executada pela empresa contratada pelo Dnit, Sinasc – Sinalização de Qualidade, André Cardoso foi incisivo ao criticar a intervenção e classificar o trabalho como “inadequado”. “Começaram a trabalhar durante a madrugada e, assim como a população brumadense, fomos surpreendidos com a sinalização inadequada”, apontou o secretário, acrescentando que imediatamente à constatação dos equívocos cometidos teria feito contato telefônico com o encarregado dos serviços que justificou estar seguindo um projeto antigo elaborado pelo Dnit.

André Cardoso disse que imediatamente determinou que os serviços fossem refeitos de forma a adequar-se à atual realidade da cidade e lembrou que os problemas observados com as placas verticais fixadas nas calçadas, cuja altura tem causado pequenos acidentes e colocado em risco a segurança das pessoas já estão sendo consertados. “Estamos trabalhando diretamente para orientar e readequar ao projeto já desenvolvido para que não haja erros na sinalização e prejuízos para os condutores e pedestres”, ressaltou o secretário.

Para o Coordenador de Educação da Superintendência, Jansen Ricardo Rocha da Silva, a empresa responsável pelo serviço de sinalização contratada pelo Dnit falhou na execução dos serviços por não perceber a que as placas estavam erradas, embora tenha reconhecido a capacidade da empreiteira. “É uma empresa conceituada, mas qualquer pessoa habilitada saberia identificar que as placas que foram instaladas estavam indicado a sinalização errada”, afirmou Jansen Ricardo.

O Coordenador de Educação da Superintendência aproveitou a coletiva de imprensa para esclarecer boatos de que estaria havendo, conforme publicado em um blog da cidade, desavenças e eventual discordância hierárquicas entre os Agentes de Trânsito e descontentamento com as normas de trabalho desenvolvidos. Reconhecer haver divergências de opiniões pontuais, de uma minoria – um ou dois membros da equipe de dezessete Agentes discordariam da indicação do Coordenador – que, no entanto, não estariam causando prejuízos aos trabalhos conjuntos desenvolvidos pela Infraestrutura, Serviços Públicos, Desenvolvimento Econômico, Trânsito e Transportes e Superintendência Municipal de Trânsito e Transportes.

Sobre os conflitos, o secretário municipal de Infraestrutura, Serviços Públicos, Desenvolvimento Econômico, Trânsito e Transportes e titular da Superintendência Municipal de Trânsito e Transportes, André Cardoso, rechaçou qualquer possibilidade de atender ao pedido de exoneração do Coordenador de Educação e indicou que estão sendo estudadas medidas que serão adotadas pela Administração Municipal visando eliminar os focos de descontentamento. Reafirmou a confiança da Administração Municipal no trabalho do Coordenador e disse que há um esforço para que eventuais divergências sejam tratadas internamente e não causem prejuízos à população. “Jansen Ricardo continua Coordenador, não há intenção de promover qualquer mudança. Nossa intenção é procurar conciliar eventuais conflitos e manter o foco no trabalho que estamos desenvolvendo em fazer da coletividade. Não vamos permitir que interesses outros que não os da população brumadense possam interferir no trabalho e enfraquecer a Superintendência”, concluiu Cardoso.

Redacão Jornal do Sudoeste

Redacão Jornal do Sudoeste

Desde seu lançamento, o JS vem revolucionando a imprensa regional. Foi e continua sendo pioneiro na adoção de cores em todas as suas páginas e no lançamento de suplementos especiais que extrapolam o simples apelo comercial, envolvendo a comunidade em reflexões sobre temas de interesse geral por ocasião do Natal e dos aniversários de emancipação de municípios da sua área de abrangência de circulação.
Categorias