TCM multa ex-prefeito de Barra da Estiva por irregularidade na contratação de escritório de advocacia

DA REDAÇÃO   A contratação de um escritório de advocacia sem licitação levou o Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, no último dia 29, a multar o ex-prefeito de Barra da Estiva, Adriano Carlos – Dinho – Dias Pires (PV) em R$ 8 mil, além de formular Representação ao

Este conteúdo é restrito a membros do site. Se você é um usuário registrado, por favor faça o login. Novos usuários podem registrar-se abaixo.

Login de Usuários
   
Registro de Novo Usuário
*Campo obrigatório

Jornal do Sudoeste

Categorias ,