Transportadores são surpreendidos por reajuste nos pedágios paulistas, diz entidade do setor

Por: Imprensa SETCESP

A partir do dia 16 de dezembro de 2022, os pedágios das rodovias paulistas sofrerão um aumento que varia de 10,72% a 11,73%. Inicialmente, o reajuste estava previsto para junho deste ano, mas foi congelado até o final de 2022 pelo atual governador do Estado, Rodrigo Garcia. Com isso, após o novo anúncio, transportadoras começaram a questionar o acréscimo e como isso pode impactar nas atividades do segmento.

Adriano Depentor, presidente do conselho superior e de administração do Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região (SETCESP) diz que o setor não esperava por este reajuste no momento. “As transportadoras não fizeram previsão deste custo extra, sobretudo, em um período de grandes movimentações no mercado com as festas de fim de ano. O pedágio não está incluso na composição do cálculo do frete, é uma tarifa em forma de repasse, mas para o segmento traz grandes impactos”.

O presidente finaliza: “Uma possível postergação de reajuste só viria com a entrada do novo governo, mas devemos ressaltar que precisamos de um realinhamento desse custo para que tenhamos uma tarifa mais justa para as nossas operações”.

__________________________

Sobre o SETCESP – Fundado em 1936, o SETCESP – Sindicato das Empresas de Transporte de Carga de São Paulo e Região – é fruto da união de empresários do transporte rodoviário de cargas (TRC) atuantes na rota entre São Paulo e Santos que necessitavam de uma entidade que fosse intérprete central da luta pelos direitos do segmento. Hoje, com 86 anos, é o maior sindicato patronal do setor na América Latina e protagonista de uma história com grandes conquistas e credibilidade reconhecida por transportadores, órgãos governamentais e representantes da esfera política. Sempre atualizado nas constantes demandas do TRC, o SETCESP vem sendo crucial e atuante para o desenvolvimento da categoria, não apenas para os 50 municípios que representa na grande região metropolitana de São Paulo, mas também para todo o Brasil. Além disso, a entidade oferece total apoio às mais de 21.000 empresas associadas com informações atualizadas, estudos técnicos, treinamentos, palestras e consultorias jurídica, econômica e operacional, entre outros serviços.

 

 

Foto de Capa: banco de imagem/Canva

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,