77 3441-7081 — [email protected]

Uesb: Pesquisa estuda redução de custos na produção agroindustrial

Por Mara Ferraz – Ascom/Uesb

Com a proposta de contribuir para uma redução de impactos ambientais e, com isso, melhorar a competitividade da agroindústria estadual, a Uesb, por meio do Grupo de Estudos em Materiais e Meio Ambiente (Gem²a), tem sido parceira em um trabalho científico que foca na sustentabilidade ambiental dos processos, representando ganhos para produtores da região. Por meio da redução de matérias primas e demais insumos, o projeto tem investigado questões que envolvem a produção de ovos, leite (bovino e bubalino) e seus respectivos produtos lácteos, pecuária bovina de corte, cacau, celulose, café.

Intitulado “Aplicações dos princípios de Ecologia Industrial e Produção mais Limpa em cadeias Agroindustriais do Sudoeste e Sul da Bahia”, o projeto de pesquisa também desenvolve estudos relacionados à produção de energia de fontes limpas, rotulagem ambiental e aprimoramento de métodos de avaliação de impactos ambientais.

Desde 2014, a iniciativa avalia aspectos da sustentabilidade ambiental do ciclo de vida de matérias-primas, produtos, co-produtos e subprodutos de cadeias produtivas agroindustriais de importância estratégica para as regiões Sul e Sudoeste da Bahia. A pesquisa é desenvolvida em parceria com outras instituições, contando com a coordenação do professor Luciano Rodrigues, do Departamento de Tecnologia Rural e Animal (DTRA) da Uesb e dos docentes José Adolfo Neto, da Universidade Estadual de Santa Cruz, e Asher Kiperstok, da Universidade Federal da Bahia. Além disso, os estudos envolvem estudantes de graduação (bolsistas de Iniciação Científica e voluntários), mestrado, doutorado e pós-doutorado.

De acordo com Rodrigues, a ideia é propor soluções para reduzir impactos ambientais dentro de uma abordagem de ciclo de vida e produção mais limpa. Com isso, seria possível uma melhoria na produção dos agricultores. “O melhor posicionamento dos produtos no mercado ou mesmo a redução de custos pela eliminação de pontos críticos ambientais poderá acarretar em benefícios econômicos aos produtores e, consequentemente, a todos os envolvidos na cadeia de produção”, pontua o professor.

Em 2015, a pesquisa foi premiada internacionalmente na “6ª Internacional Conference on Life Cycle Assessment in Latin America (Cilca)”, em Lima, na Pontifícia Universidade Católica do Peru. O trabalho intitulado “Environmental Impact Assessment os Semi-Intensive Beef Cattle” foi o único trabalho da América Latina premiado na conferência.

Até o momento, uma série de contribuições já foram feitas pelo projeto, como a aquisição de equipamentos para a redução do consumo de água; mudanças nos métodos de limpeza em função do tipo de sanitizante utilizado; estudo sobre as melhores rotas para o transporte de matérias primas; aproveitamento de soro de leite para obtenção de novos produtos para a alimentação humana; destinação de resíduos para aproveitamento do seu potencial energético; recuperação de nutrientes de águas residuais e aproveitamento da biomassa. Todas elas puderam ser sugeridas ao produtores com base em critérios técnicos, econômicos e ambientais.

Redacão Jornal do Sudoeste

Redacão Jornal do Sudoeste

Desde seu lançamento, o JS vem revolucionando a imprensa regional. Foi e continua sendo pioneiro na adoção de cores em todas as suas páginas e no lançamento de suplementos especiais que extrapolam o simples apelo comercial, envolvendo a comunidade em reflexões sobre temas de interesse geral por ocasião do Natal e dos aniversários de emancipação de municípios da sua área de abrangência de circulação.
Categorias