Uesb promove assistência on-line no enfrentamento à violência infantojuvenil

Por Ascom/ Uesb

 

Visando promover a proteção e o cuidado com a parcela mais jovem da população, o projeto de extensão “Assistência on-line do profissional de Saúde no enfrentamento da violência contra crianças e adolescentes em tempos de pandemia pela Covid-19” vem atuando junto ao “Grupo Espia”, no município de Jequié. A iniciativa utiliza as mídias sociais para disseminar conteúdos necessários para que profissionais da área de Saúde consigam identificar e combater a violência física, sexual e psicológica contra crianças e adolescentes.

O projeto é voltado para profissionais da saúde, como cirurgiões-dentistas, enfermeiros, médicos, psicólogos e farmacêuticos, visto que esses indivíduos estão mais propensos a presenciarem e identificarem casos de violência contra o público infantojuvenil. A proposta então é que, a partir dessa identificação, os profissionais possam agir de acordo as condutas corretas quanto à notificação e denúncia desses abusos.

Atualmente, a ação atende os profissionais do município de Jequié, mas já busca parcerias em outros municípios para ampliar essa rede de informação. Os profissionais de saúde têm contato com projeto por meio do InstagramWhatsApp e YouTube, não havendo a necessidade de inscrição para ter acesso ao conteúdo divulgado. Nesses canais de comunicação, há a postagem de cards, vídeos, realização de lives, publicação de cartilhas, sempre com conteúdos que sirvam como ferramentas para a identificação e o enfrentamento dessa violência por meio da denúncia.

A iniciativa também produz conteúdos voltados para higiene bucal, bem-estar e saúde, além de realizar arrecadação de alimentos, materiais de higiene pessoal e organizar comemorações de datas festivas para crianças em casas de acolhimento do município de Jequié. O projeto é coordenado pela professora Lívia Maria Andrade de Freitas, do Departamento de Saúde 1 da Uesb, e conta com uma equipe formada por professores e alunos do curso de Odontologia, além de uma funcionária do Módulo de Odontologia da Universidade.

 

 

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,