Últimos dias para apresentar soluções inovadoras para regiões costeiras e áreas marinhas

Melhores propostas terão acesso a mentorias, apoio técnico e concorrem a incentivo financeiro que, somado, pode chegar a R$ 1,5 milhão. Inscrições seguem até 14 de maio

 

Por Luciano Fontes/ Ascom Fundação Boticário

 

A Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, em parceria com a Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná, recebe até o dia 14 de maio (sexta-feira) inscrições para a Teia de Soluções: Camp Oceano, iniciativa que busca identificar e desenvolver propostas práticas e inovadoras para desafios relacionados à sustentabilidade do oceano e à conservação de ambientes de relevância ecológica e econômica na costa brasileira. Os participantes devem apresentar soluções para um dos seguintes desafios: fomentar o turismo responsável em favor da biodiversidade marinhareduzir a poluição no oceano e mitigar os efeitos da crise climática nas cidades costeiras.

As soluções apresentadas podem ser voltadas a toda costa brasileira – sendo que a Fundação Araucária terá atenção direcionada às soluções para os municípios litorâneos do Paraná, especificamente. O processo é direcionado a pessoas de todo o Brasil com idade a partir de 18 anos e pretende mobilizar profissionais de várias áreas do conhecimento, como Tecnologia e Inovação, Engenharia, Biologia, Oceanografia, Ecologia, Comunicação, Marketing, Negócios, Economia, Ciências do Mar, Design, Desenvolvimento, Programação e Sustentabilidade, além de pesquisadores e acadêmicos. 

Os interessados deverão formar equipes e apresentar uma solução aos desafios por meio do formulário disponível no site https://camp.teiadesolucoes.com.br. Espera-se que as equipes sejam multidisciplinares. “Acreditamos que soluções são mais completas quando há diversidade de pessoas e ideias. Recomendamos que, ao compor as equipes, as pessoas valorizem diferentes especialidades, experiências, origens, gêneros, raças, entre outros”, frisa o gerente de Conservação da Biodiversidade da Fundação Grupo Boticário, Emerson Oliveira.

As melhores propostas seguem para o Camp Oceano, um evento on-line de três dias, que ocorrerá em meados de julho, para aprofundar conhecimentos e trocar experiências. Na sequência, um grupo menor de projetos avança para a etapa de mentoria para ser aprimorado. Por fim, as melhores soluções – com ideias inovadoras, replicáveis e economicamente viáveis – concorrerão a apoios que, somados, podem chegar a até R$ 1,5 milhão.

Sobre a teia de soluções

Lançada em 2020 com dois processos seletivos, a teia de soluções estimulou, em suas primeiras edições, o desenvolvimento de projetos voltados para o turismo responsável em áreas naturais e para a Grande Reserva Mata Atlântica – o maior remanescente do bioma no Brasil. Ao longo dos processos, 43 projetos foram acompanhados e estruturados com mentoria e apoio técnico. Ao final, seis foram selecionados para receber apoio financeiro e serem impulsionados.

Serviço

Teia de Soluções: Camp Oceano
Inscrições até 14 de maio de 2021 pelo site camp.teiadesolucoes.com.br
Realização: Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, em parceria com Fundação Araucária

Sobre a Fundação Grupo Boticário

Com 30 anos de história, a Fundação Grupo Boticário é uma das principais fundações empresariais do Brasil que atuam para proteger a natureza brasileira. A instituição atua para que a conservação da biodiversidade seja priorizada nos negócios e em políticas públicas e apoia ações que aproximem diferentes atores e mecanismos em busca de soluções para os principais desafios ambientais, sociais e econômicos. Já apoiou cerca de 1.600 iniciativas em todos os biomas no país. Protege duas áreas de Mata Atlântica e Cerrado – os biomas mais ameaçados do Brasil –, somando 11 mil hectares, o equivalente a 70 Parques do Ibirapuera. Com mais de 1,2 milhão de seguidores nas redes sociais, busca também aproximar a natureza do cotidiano das pessoas. A Fundação é fruto da inspiração de Miguel Krigsner, fundador de O Boticário e atual presidente do Conselho de Administração do Grupo Boticário. A instituição foi criada em 1990, dois anos antes da Rio-92 ou Cúpula da Terra, evento que foi um marco para a conservação ambiental mundial.

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,