“Um Brasil que se alimenta e outro que não”

Famílias sofrem para sobreviver em meio à pandemia com o desemprego e a alta nos preços dos alimentos

Por: Ítala Kelly Matos/Lbv

Mesmo com os avanços em relação a pandemia da COVID-19, o desemprego tem tirado o sono das famílias brasileiras, principalmente as mais vulneráveis, atingindo a marca de 14,1 milhões de pessoas desempregadas no país, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad), feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e divulgada em dezembro de 2020.

Com a alta nos preços dos alimentos, os brasileiros precisam escolher com cuidado o que colocar na mesa. 116,8 milhões de pessoas que vivem em situação de insegurança alimentar no país, número equivalente a duas vezes a população da Argentina, ainda escolhem entre um alimento ou outro, mas quem vive em situação de fome, não tem essa opção. É o caso dos 13,8% dos lares nordestinos, e 11,1% de lares chefiados por mulheres. Os dados são do Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil, desenvolvido pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar (Rede PENSSAN).

Por isso, a Legião da Boa Vontade (LBV) promove a sua tradicional campanha Natal Permanente da LBV — Jesus, o Pão Nosso de cada dia!, com o objetivo de fortalecer esse espírito de Solidariedade tão presente no Natal, não só no período da tradição natalina, mas todos os dias do ano. Com o slogan “um Brasil que se alimenta e outro que não”, a LBV mobiliza doações para entregar, no mês de dezembro, 50 mil cestas de alimentos não perecíveis em 226 cidades brasileiras, beneficiando famílias em situação de risco alimentar, com o objetivo de proporcionar a elas um Natal digno e sem fome.

Na Bahia, a meta é entregar 85 toneladas de alimentos não perecíveis, à 4.250 famílias atendidas nos serviços e programas socioeducacionais da Instituição e também assistidas por organizações que são assessoradas e atuam em parceria com a LBV em Salvador, Lauro de Freitas, Feira de Santana, Itabuna, Santo Antônio de Jesus, além de famílias vítimas da estiagem da zona rural do sertão baiano, nos municípios de Curaçá, Sobradinho, Juazeiro, Uauá e Ipirá.

COMO PARTICIPAR: 

  • Doe itens que compõem a cesta: arroz, feijão, óleo, açúcar, café, leite em pó, macarrão, farinha de mandioca, fubá, farinha de milho, mistura para mingau, extrato de tomate, biscoito de maisena, canjiquinha, sardinha enlatada e sal.
  • Doe o valor da cesta e a quantidade que puder: acesse o site lbv.org.br.
  • Faça doações via transferência bancária pelo PIX: e-mail: [email protected].
  • Leve sua doação na LBV: consulte lbv.org/enderecos.

Informe-se pelo telefone: 0800 055 50 99.

Acompanhe as ações realizadas pela Legião da Boa Vontade nas redes sociais, pelo endereço @LBVBrasil no Facebook e no Instagram.

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,