Violoncelista de Teixeira de Freitas participa de intercâmbio no maior centro de treinamento para futuros músicos de orquestra na Alemanha

Ação faz parte do projeto “Beethoven visita o Pão de Açúcar”, que também vai promover concertos na Europa e no Brasil, onde o instrumentista se apresentará

 

Por: Mario Camelo

 

Oito jovens músicos brasileiros, acompanhados de dois renomados professores, estão de malas prontas para embarcarem em uma experiência única: um intercâmbio no Orchesterzentrum, o primeiro centro de treinamento para futuros músicos de orquestra da Alemanha. Lá, eles se juntarão a oito estudantes e dois professores radicados naquele país, em uma intensa residência artística. Os 20 músicos, entre eles o violoncelista de Teixeira de Freitas, o baiano Gabriel Rodrigues, formarão uma nova orquestra de câmara que realizará concertos na Alemanha e, na sequência, uma turnê pelo estado do Rio de Janeiro, com apresentações na Sala Cecília Meireles (RJ), no Sesc Quitandinha (Petrópolis), no município de Barra Mansa e, ainda, um flashmob no Pão de Açúcar. As atividades fazem parte do projeto “Beethoven visita o Pão de Açúcar” e acontecerão entre 6 e 16 de março.

Em todo o mundo, o ano de 2020 prometia uma série de comemorações pelos 250 anos de Ludwig van Beethoven. Em função da pandemia, grande parte das celebrações foi cancelada, adiada ou adaptada para o ambiente virtual. Uma das atividades planejadas para aquele ano e que será executada agora, é o projeto “Beethoven visita o Pão de Açúcar”, uma realização do Orchesterzemtrum (instituição conjunta das quatro faculdades estaduais de música na Renânia Norte-Vestfália – Detmold, Düsseldorf, Essen e Colônia), com produção da Artemundi Produções Culturais, financiada pelo Ministério de Cultura e Ciência da Renânia Norte-Vestfália.

“O objetivo é dar início a um novo capítulo de cooperação musical entre Brasil e Alemanha, oferecendo a jovens brasileiros a oportunidade de realizarem um aprimoramento artístico singular em uma das mais prestigiadas academias da Europa no treinamento de futuros músicos de orquestra”, explica o produtor Pablo Castellar.

O baiano Gabriel Rodrigues foi um dos escolhidos para viver essa experiência. Iniciou-se ao violoncelo aos 12 anos, no projeto Dando Corda Paz e Bem. Aos 13 anos, foi premiado no concurso interno de seu projeto, quando ganhou um intercâmbio em Assunção, onde participou de grupos de câmara e master classes no Conservatório Nacional do Paraguai. Aos 14 anos, foi aprovado no processo seletivo de monitores do NEOJIBA, onde permaneceu dois anos como monitor no Projeto Orquestrando Futuros. Durante esse período, também atuou como camerista em cameratas, quartetos e duos. Participou também de festivais como, Encontro de cordas ICED, Gramado In Concert e Música nas Montanhas, Campos do Jordão e Orquestra Jovem Allegro. Foi semifinalista do concurso Jovens solistas da OSESP 2019, e atualmente, é bolsista da Orquestra Jovem do Estado de São Paulo e está no terceiro ano do bacharelado em violoncelo no Instituto de Artes UNESP.

O nome do projeto – “Beethoven visita o Pão de Açúcar” – não foi escolhido apenas para fazer menção a um dos principais cartões postais da cidade que receberá parte dos concertos. A ligação entre Alemanha e Brasil tem no Pão de Açúcar um símbolo histórico, uma vez que o projeto do seu primeiro teleférico foi desenvolvido em 1913, pelo engenheiro Julis Pohlig, que nasceu na mesma região que Beethoven.

Residência artística e concertos na Alemanha e no Brasil estão na programação

Durante uma semana (6 a 11 de março), o grupo se dividirá entre as atividades acadêmicas e a realização de dois concertos na Alemanha. No dia 8 eles se apresentarão no Krönungssaal – a sala da coroação do palácio que abriga a prefeitura de Aachen. Construído em 1349, este salão secular do Sacro Império Romano confere à Câmara Municipal de Aachen a sua singularidade e a distingue de todas as outras Câmaras Municipais da Alemanha. Na Idade Média eram realizados, neste local, os banquetes de coroação. Hoje, é o palco da entrega do Prêmio Internacional Carlos Magno, o que confere ao salão uma grande relevância para toda a União Europeia. No dia 10 a orquestra se apresenta no próprio Orchesterzentrum, em Dortmund.

Sesc Quitandinha que, desde as fortes chuvas que caíram sobre Petrópolis, tem sido um importante ponto de apoio para as vítimas da cidade, reabrirá suas portas no dia 13/3, para receber, exclusivamente, esta atração cultural. O concerto do projeto “Beethoven visita o Pão de Açúcar” será beneficente e para ter acesso, cada pessoa deverá doar dois quilos de alimentos não-perecíveis. Os itens arrecadados serão doados para os moradores do município em situação de vulnerabilidade em função do temporal.

Um dos mais prestigiados palcos da música de concerto no Rio de Janeiro, a Sala Cecília Meireles é a próxima parada do projeto e receberá a apresentação do grupo no dia 15. No dia seguinte, 16/3, o concerto será no Sesc Barra Mansa. Integrantes da Orquestra Sinfônica de Barra Mansa e participantes do projeto Música nas Escolas, além de assistirem a um concerto exclusivo, terão a oportunidade de participar de uma masterclass gratuita com os professores e alunos integrantes do “Beethoven visita o Pão de Açúcar”. As atividades no Rio de Janeiro, incluem, ainda, a realização de um flashmob no Pão de Açúcar. Data e horário não serão divulgados, uma vez que a ação deve surpreender o público presente no local.

Tanto os concertos da Alemanha, quanto os realizados no Brasil, terão repertório dedicado Beethoven, com apresentação de dois quartetos de cordas do mestre de Bonn em versão para orquestra de cordas, além de obras de compositores brasileiros como Heitor Villa-Lobos e Clóvis Pereira e um concerto para quatro violinos de Vivaldi. “O projeto representa uma oportunidade e experiência únicas para os jovens músicos brasileiros conhecerem e tocarem a música do mestre de Bonn em seu país de origem e, inversamente, oferece aos músicos da Alemanha experiência prática com a música da América Latina, que é muito pouco conhecida na Europa”, afirma Castellar.

As apresentações realizadas no Brasil, incluindo o flashmob, serão gravadas e exibidas posteriormente nas plataformas virtuais. Também será produzido um minidocumentário sobre as ações realizadas pelo projeto “Beethoven visita o Pão de Açúcar” no estado do Rio de Janeiro e na Renânia do Norte-Vestfália.

SERVIÇO (concertos no Brasil):

Dia 13/03, às 17h – Sesc Quitandinha

Endereço: Avenida Joaquim Rolla, nº 2 – Quitandinha, Petrópolis

Ingressos: 2 quilos de alimentos não-perecíveis

Dia 15/03, às 19h – Sala Cecília Meireles

Endereço: Rua da Lapa, nº 47 – Centro, Rio de Janeiro

Ingressos: R$40 | R$20 (meia)

Dia 16/03, às 12h30 – Sesc Barra Mansa

Endereço: Avenida Tenente José Eduardo, nº 560 – Ano Bom, Barra Mansa

Concerto Fechado – Exclusivo para alunos do Projeto Música nas Escolas.

 

Foto da capa: Divulgação

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,