Vivamos a vida com sabor

Deus nos criou livres. Ele é o autor da criação e da vida e nos dá a liberdade de construirmos a
nossa vida e essa responsabilidade é tarefa nossa.
Podemos cuidar ou não da vida. Podemos ter vida longa ou não, isso depende do nosso
cuidado com ela, conforme nossa genética e outras coisas que não podemos controlar e que
são da própria natureza das coisas.
Há uma parte, porém, que é de nosso controle e que depende de nosso jeito de viver, de
pensar, de acreditar, de administrar as coisas. Cada dimensão tem as suas exigências e
necessita de cuidado. A vida, vivida de forma consciente e responsável, exige cuidado em
todas as dimensões: do corpo, da mente e do Espírito. Não somos separados, somos unidade e
ali nos tornamos mais inteiros.
E nisso, podemos prolongar muito a vida, e nela deixar as marcas, daquilo que fomos, somos e
ainda seremos. E aí vem a pergunta: que marcas tenho deixado? São marcas que deixam
saudade em nossa história, nas pessoas com que convivemos e até naquelas que nem
conhecemos? Deixam saudade sim ou não?
A vida é frágil! Vivamos a vida com sabor. Estejamos despertos para o amor, para o equilíbrio,
para o bem. Vivamos bem, por favor!
Saber que a qualquer momento podemos morrer é motivo para vivermos com intensidade,
cada instante e deixar marcas positivas, de amor e de saudade.
Não desperdicemos tempo!

Padre Ezequiel Dal Pozzo

Categorias

Deixe seu comentário