77 3441-7081 — [email protected]

Waldenor Pereira condena truculência dos seguranças e se solidariza com professores da Uesb

O deputado federal Waldenor Alves Pereira Filho (PT/BA) foi o único político presente ao ato de inauguração da Unidade de Pronto Atendimento 24 Horas (UPA 24 Horas) que se posicionou contra a ação truculenta e desproporcional dos seguranças que acompanhavam o governador Rui Costa (PT) e agrediram covardemente professores que manifestavam insatisfação com as políticas públicas do Governo da Bahia para os servidores do Estado e as Universidades Públicas Estaduais.

Imediatamente ao início do confronto, Waldenor Pereira abandonou o palanque em que estavam as autoridades e juntou-se aos manifestantes, impedindo que os seguranças continuassem as agressões e mantendo-se ao lado e acompanhando os primeiros socorros ao Professor Doutor Reginaldo de Souza Silva, que chegou a ficar inconsciente por alguns minutos e foi encaminhado ao Pronto Atendimento da Unimed no Hospital São Vicente.

Em tom de desabafo, em entrevista exclusiva ao JS, o deputado petista lamentou e repudiou a atitude da segurança do Governo do Estado, lembrando que a liberdade de manifestação é um dos pilares da Democracia. “É lamentável a ação dos agentes da segurança agredindo os manifestantes, professores, meus colegas. Estou aqui acompanhando o atendimento médico ao Professor Reginaldo, que foi covardemente agredido por um Policial, que aparentemente é um Policial Civil. Imediatamente denunciei esse ato de covardia, que foi presenciado por todos, pelo Comandante Geral da Polícia Militar, Cel. Lira [Cel. PM Inácio Paz de Lira Júnior], pelo Subcomandante, Cel. Ivonilton [Cel. PM Ivonilton Nascimento Marques]. Denunciei ao Chefe da Casa Militar. É lamentável”, indignou-se.

O parlamentar petista prosseguiu afirmando estar certo de que o governador vai determinar a apuração dos fatos e identificação dos agressores, adotando medidas duras para que fatos como os registrados em Vitória da Conquista não se repitam. “Eu nunca esperava presenciar uma cena dessas no meu Governo, um Governo Democrático, um Governo de Paz. Tenho certeza que o governador Rui Costa, que também presenciou, haverá de tomar posições firmes e decisivas, porque o conheço e sei que ele não concorda e não concordara com atos dessa natureza. Estou chocado e lamentando muito esse acontecimento que afronta a democracia e impede as manifestações legitimas dos professores da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. E, é claro que eles tiveram e terão toda solidariedade da minha parte, além da minha manifestação repudiando firmemente esses atos de violência que representam, como já disse, uma afronta à democracia e a uma manifestação legítima dos professores”, concluiu Waldenor Pereira.

 

(*) COM REPORTAGEM DE LUCIENE P. COSTA

Redacão Jornal do Sudoeste

Redacão Jornal do Sudoeste

Desde seu lançamento, o JS vem revolucionando a imprensa regional. Foi e continua sendo pioneiro na adoção de cores em todas as suas páginas e no lançamento de suplementos especiais que extrapolam o simples apelo comercial, envolvendo a comunidade em reflexões sobre temas de interesse geral por ocasião do Natal e dos aniversários de emancipação de municípios da sua área de abrangência de circulação.
Categorias