77 3441-7081 — [email protected]

Zé Raimundo motivado para 2019

Por Joana D’Arck

“Que venha 2019!”. Eis o desafio que o deputado estadual Zé Raimundo quer encarar exercendo o terceiro mandato na Assembleia Legislativa da Bahia, bastante disposto e revigorado pelos 90.014 votos que recebeu nas últimas eleições. Este estouro nas urnas lhe conferiu o destaque de primeiro estadual mais votado de Vitória da Conquista e na maioria dos municípios da macro-região do Sudoeste, o segundo do PT e o quarto da Bahia.

Ele se diz motivado para continuar lutando pelas suas regiões de atuação – Sudoeste, Serra Geral, Médio São Francisco, Chapada Diamantina, Vale do Paramirim e Chapada Ocidental – e apoiar as ações do governo do estado, como também para fazer o enfrentamento que for necessário como oposição ao governo federal.

Além dos compromissos com as regiões e o de acompanhar e apoiar o governo de Rui Costa, Zé Raimundo assegura: “Tenho uma histórica militância que continuará cada vez mais firme,  na conjuntura atual, em defesa de transformações políticas e sociais que combatam as desigualdades, todas as formas de discriminações e preconceitos e  promovam a participação popular na vida política e na distribuição de renda e riqueza do país”.

VALEU O 2018!

Zé Raimundo faz um balanço positivo deste ano que se encerra, de muita luta, conquistas e avanços na Bahia, em que pese o lado negativo do cenário político e econômico nacional. Da conta própria de ações no legislativo baiano, o deputado computa importantes relatórios que realizou nas comissões de Constituição e Justiça, e de Finanças e Orçamento, nas quais tem se destacado entre os mais frequentes. No plenário e nas comissões travou o debate em defesa do projeto político do governo do estado, que realizou obras estruturantes da envergadura do metrô e das vias de melhoria do tráfego na capital, construiu hospitais no interior e em Salvador, destacando-se o Hospital da Mulher; beneficiou as regiões do semi-árido com barragens e adutoras, e sobretudo, com o aeroporto Glauber Rocha, em Vitória da Conquista. “E apesar de não contar com o apoio do governo federal, o governador Rui Costa conseguiu realizar investimentos que mantiveram a Bahia entre os três estados que mais investiram”, frisa.

Junto com o deputado federal Waldenor Pereira, Zé Raimundo lembra que  promoveu forte apoio aos municípios das suas regiões, através de emendas parlamentares, com entrega de equipamentos para a agricultura familiar, como tubos para extensão de redes de abastecimento de água, tratores, barracas de comercialização de alimentos, para a saúde, apoio à realização dos festejos juninos, esporte, jogos e eventos estudantis,  fortalecimento do associativismo e dos movimentos sociais. “Fizemos o intenso e permanente apoio às demandas de prefeitos e lideranças políticas e comunitárias dos vários municípios, além de articular junto ao governo do estado a recuperação de estradas das regiões, instalação de policlínicas, e unidades de saúde, segurança pública e outras ações”.

Neste ano marcado nacionalmente por fatos políticos históricos, como a prisão “injusta” do ex-presidente Lula, “numa clara estratégia para tirá-lo da disputa eleitoral para presidente”, Zé Raimundo lembra a luta, com Waldenor Pereira, na defesa da candidatura de Lula e em seguida pela eleição do Fernando Haddad, que teve na Bahia a segunda maior votação  do país.  Mas na Bahia a vitória foi completa para o seu grupo político, com a própria reeleição para o terceiro mandato estadual, a reeleição do deputado Waldenor Pereira e do governador Rui Costa, além  da eleição dos senadores Jacques Wagner e  Ângelo Coronel e do PT se manter com as maiores bancadas federal e estadual entre os  partidos no estado.

Jornal do Sudoeste

Categorias