A deputada Maria “pecadora” do Rosário foi barrada por militares

No primeiro dia da reunião dos BRICS, ou  seja, do grupo de países de economias emergentes formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, em Brasília, um grupo de apoiadores de Juan Guaidó ocupou a embaixada da Venezuela.

A deputada Maria do Rosário (PT-RS), do alto de sua petulância,  tentou entrar na embaixada, mas foi barrada por policiais militares. Bem feito! Deveria estar no Parlamento exercendo o seu mandato e não participando de movimentos em defesa de problemas  não  atinentes aos interesses nacionais. Para defender bandidos e corruptos até de país estrangeiro a  expertise da deputada é bastante prodigiosa.

Trata-se de parlamentar ridícula, demagoga e hipócrita! Está sempre no centro de alguma polêmica e votando  contra os interesses nacionais em matéria que não seja da lavra esquerdista. É atrevida e tem por hábito  chamar os seus opositores de fascistas. Mas desconfia-se de que  a deputada não conheça o verdadeiro significado da palavra. Para ela, todos os adversários políticos de direita são fascistas. É muito fascismo permeando a sua cabeça

Deveria se envergonhar do papel quixotesco que desempenha na política. Parlamentar mequetrefe, escória da corja do maior corrupto da história política brasileira, condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro e sujeito a mais condenações.

O Brasil merece respeito! Por que as facções esquerdistas brasileiras não vão integrar as fileiras de resistência dos exércitos venezuelano e cubano? Vão! Não vão porque são todos poltrões e não trocam viver fora de uma democracia capitalista na qual estão muito bem.

Maria do Rosário e outros representantes do PT, PCdoB e PSOL estão precisando levar uma boa lição há muito tempo. E nada mais eficiente do que invocar o espírito de um AI-5 estilizado e renovado para pôr a casa em ordem e mandar todos os impatriotas  para tirar férias por bom tempo no desterro de qualquer reduto comunista do exterior.

Júlio César Cardoso

Júlio César Cardoso

Bacharel em Direito e servidor federal aposentado. Balneário Camboriú-Santa Catarina.
Categorias