Alvos Diários

Amanheceu. O ineditismo de um novo dia faz abrir os olhos para uma nova luta.
Aprendemos, com o tempo que devemos parcelar nossos sonhos em fragmentos diários de atitudes e ações.
Traçar metas imediatistas é congratular com conquistas faraônicas. Foi-se o tempo que nossos alvos eram determinados em prazos longos.
Viver o cotidiano cercados de metas diárias é abrir o dia com inteligência e fechar com resultados.
Os passos diários são curtos e lentos, porém seguros e certeiros. Dá-nos o direito de estagnar no dia anterior e acelerar no posterior mantendo o ritmo dos passos.
Com segmentos diários atingimos metas imagináveis.
Viver sonhos curtos, nos faz prolongar a caminhada, com firmeza e determinação até atingirem as metas distantes.
Sabemos com o tempo que nossas estradas são diferenciadas. Numas aceleramos os passos em outras estagnamos ou até retrocedemos.
Devemos ter discernimento ao escolhermos as estradas a percorrer. Naquela que temos mais destrezas e desenvolturas é que devemos permanecer.
Com esta nova filosofia de termos alvos só diários nos anima e motiva impulsionado-nos por instrumentos verdadeiros capazes de atingir metas homéricas.
Na maturidade que estamos, à arte de fechar caminhos são mais interessantes e brilhantes do que de abrir novos rumos.
Com passos adaptados, as rotinas atingiram a velocidade de uma NASA, cujo objetivo é a velocidade, mas também chegar ao alvo desejado.
O negocio é atingir a meta e não ampliar com sonhos distantes.
Desejamos que seus passos rotineiros saíam da monotonia diária. Busque alvos próximos, porque o sucesso é a soma dos passos diários, caminhando claramente para a meta desejada.
Na estrada da vida, quem determina a velocidade dos passos, são as escolhas certeiras que damos aos nossos destinos desejados e não o voluntarismo e o esforço dados aos nossos passos em descaminhos mal traçados, porém escolhido pelo nosso livre arbítrio.

Juarez Alvarenga

Advogado e Escritor
Categorias

Deixe seu comentário