77 3441-7081 — [email protected]

Brasil fecha parceria com ONG para receber vacinas

Ação firmada durante Assembleia Geral da ONU vai ajudar o País em casos de emergência

 

Por Governo do Brasil, com informações do Ministério da Saúde

 

O Ministério da Saúde e a organização não governamental Gavi Alliance (Aliança Global para Vacinas e Imunização) firmaram um acordo que permitirá ao Brasil ter acesso, em situação emergencial, a diversos tipos de vacinas produzidas no mundo. O acordo foi assinado nessa quarta-feira (26), durante a 73ª Sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas em Nova Iorque, e determina que o País doe US$ 1 milhão por ano para a ong.  

Com a parceria, laboratórios federais como Fiocruz e Butantan poderão fornecer vacinas para a instituição quando houver necessidade em qualquer local do mundo. Por outro lado, a entidade, que tem acesso a todo tipo de imunização produzida em todos os países, também poderá socorrer o Brasil num caso emergencial. “Isso é muito importante porque, num momento em que surgir no País algum tipo de doença para a qual não produzimos a vacina ou em que haja dificuldade de se encontrarem laboratórios produtores, podemos adquiri-la de forma direta e rápida por meio dessa organização”, afirmou o ministro da Saúde, Gilberto Occhi. 

A Gavi já auxiliou o Brasil em outras situações. Em uma delas, houve um surto de febre amarela e o governo brasileiro recorreu à instituição para adquirir 3 milhões de doses da vacina contra a doença.

Foto de Capa: Divulgação/Governo do São Paulo

Jornal do Sudoeste

Categorias