Cerca de 29 mil CNH´s seguem “esquecidas” em postos de atendimento do Detran-BA

Apenas na capital, quase 13 mil documentos estão arquivados no órgão

 

Por: Imprensa Detran-BA

Solicitar a emissão da Carteira Nacional de Habilitação nos postos do SAC é uma realidade para o condutor baiano desde 2014, quando o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA) descentralizou a atividade. Se, por um lado, a medida garantiu praticidade, por outro, gerou acomodação. Atualmente, cerca de 29 mil CNH´s  estão prontas e engavetadas em postos de todo estado até o condutor aparecer para buscar o documento.

Em Salvador, a emissão da primeira ou 2ª via da CNH acontece em 11 pontos, entre unidades instaladas em shoppings (Barra, Bela Vista, Salvador Shopping e Shopping da Bahia), postos de Cajazeiras, Comércio, Liberdade, Pau da Lima, Periperi e Pernambués, além da Estação de Transbordo Pituaçu.  Apesar da facilidade que permite ao condutor escolher o local para receber a carteira, apenas na capital quase 13 mil documentos estão abandonados nos armários do Detran-Ba. A situação se repete no interior do Estado, com mais 16 mil CNH´s aguardando a retirada.

O diretor de Habilitação do Detran-BA, Max Adolfo Passos Mendes, alerta aos condutores que os documentos ficam guardados durante o tempo de validade do documento. No entanto, a retirada é condicionada ao agendamento de data e horário, no mesmo local onde foi solicitada a emissão.

O procedimento para emissão da CNH é realizado através do site www.sacdigital.ba.gov.br ou app do SAC Digital e, no momento da retirada, é preciso apresentar documento de identificação com foto. Motoristas sem condições de ir presencialmente às unidades podem registrar procuração em cartório autorizando outra pessoa a retirar o documento.Os condutores flagrados conduzindo com CNH ou Permissão para Dirigir (PPD) vencida estão cometendo infração gravíssima que representa 7 pontos na CNH, multa no valor de R$ 293,47 e sujeitos a apreensão do veículo.

Att,

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,