77 3441-7081 — [email protected]

Em Paramirim, ações da Secretaria de Saúde garantem tranquilidade para a população

Em casos de raiva, o diagnóstico médico e a confirmação laboratorial são essenciais para a definição de intervenções em pacientes e para o conhecimento do risco e controle do vírus na região de procedência do animal infectado.

Entretanto, esse diagnóstico fica comprometido se for transmitido por morcegos hematófagos, pois os sintomas da doença são idênticos aos da Síndrome Guillain Barré, uma das consequências do Zika Vírus.

O caso ocorreu em Paramirim onde, no dia 01/03, um paciente de 46 anos, residente na zona rural, deu entrada no Hospital José Américo Resende com sintomas que poderiam ser consequência de várias doenças. O mesmo tinha sido mordido por um morcego quando ordenhava uma vaca, 21 dias antes de procurar o atendimento médico.

O trabalho criterioso de análise e investigação minuciosa do histórico do paciente permitiu o diagnostico adequado.
A equipe de Vigilância Epidemiológica Municipal prontamente solicitou a coleta de material para a confirmação laboratorial da raiva, que foi enviado para o Instituto Pasteur.

A equipe médica do Hospital realizou o tratamento inicial, os exames complementares e o preparo do paciente para sua transferência via UTI aérea ao Hospital Couto Maia, localizado em Salvador no dia 02/03, e mesmo após todos os cuidados, o paciente veio a óbito no dia 06/03.

A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia – Sesab, posteriormente, confirmou o diagnóstico por meio de nota oficial, no dia 09/03.

A Secretaria Municipal de Saúde já iniciou o bloqueio vacinal em toda a área próxima da ocorrência do caso, bem como ações educativas por meio de palestras e reuniões, e está ampliando essa intensificação de ações para todo o município e circunvizinhança.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, de 1980 a julho de 2012 foram registrados 1.457 casos de raiva humana no Brasil, sendo 54,1% na região nordeste. Diante do quadro atual, a Secretaria Municipal de Saúde, juntamente com a Sesab, está intensificado as ações de vacinação de cães e gatos, inclusive de animais de rua.

A Secretaria de Saúde também afirma que a atual gestão do município está comprometida com a imunização de rotina, que será realizada continuamente, assim como a vacinação domiciliar dos animais domésticos, priorizando a área onde foi confirmado o caso.


Reunião realizada na Câmara de Vereadores com enfermeiros ,técnicos de enfermagem, médicos, farmacêuticos, bioquímicos, assistente social, agentes de edemias e agentes comunitários de saúde.

 


Palestra educativa ocorrida na comunidade onde houve o caso. 

 


Dr. Jurandi Leão Martins, responsável pelo correto diagnóstico de raiva humana em Paramirim.

Redacão Jornal do Sudoeste

Redacão Jornal do Sudoeste

Desde seu lançamento, o JS vem revolucionando a imprensa regional. Foi e continua sendo pioneiro na adoção de cores em todas as suas páginas e no lançamento de suplementos especiais que extrapolam o simples apelo comercial, envolvendo a comunidade em reflexões sobre temas de interesse geral por ocasião do Natal e dos aniversários de emancipação de municípios da sua área de abrangência de circulação.
Categorias