Feira de Ações Estratégicas integra 2º Fórum do Selo Unicef em Vitória da Conquista

Crianças e adolescentes que participam de programas sociais em Vitória da Conquista lotaram a Praça CEUs J. Murilo para expor as atividades destinadas ao público infantojuvenil, na tarde da quarta-feira, 20. Foi a Feira de Ações Estratégicas que fez parte do 2º Fórum Comunitário do Selo Unicef.

Músicas, danças, teatro, esportes, além de estandes com informações sobre as iniciativas, livros e muito artesanato fizeram parte da feira. Participaram da atividade, as Secretarias Municipais de Desenvolvimento Social, Cultura, Turismo Esporte e Lazer, Educação e Saúde e instituições não governamentais.

“A feira foi uma forma de demonstrarmos para toda a sociedade e também para a representante do Selo que Vitória da Conquista tem tido como prioridade as políticas públicas para crianças e adolescentes e que há um fortalecimento dessas políticas, não só por parte das instituições governamentais, mas também das não-governamentais conveniadas com a Prefeitura”, declarou a secretária municipal de Desenvolvimento Social, Kátia Freitas.

Daiana de Barros tem 32 anos e mora no Vila Elisa, extremo-sul da cidade. Ela se deslocou até o Alto Maron para ver as apresentações dos educandos do Conquista Criança. É que suas três filhas Camila (15), Cailane (13) e Michele (11), participam do programa. “Pra mim, é muito importante este programa, pois trabalho o dia todo e elas ficam lá e eu fico mais tranquila sabendo que elas estão em segurança. O ônibus do Conquista Criança as buscam e as levam pra casa”, disse a mãe.

A educanda Leiliane Moreira, 17, está desde os oito anos de idade no Conquista Criança e já participou de diversas oficinas. Atualmente, faz rádio e balé. Ontem, ela era uma das bailarinas que se apresentaram na Feira. “Em vários lugares, há crianças com talento, e para saber que elas existem, é preciso realizar eventos como este sempre para mostrar o que sabem fazer”, disse a adolescente.

Secretarias Municipais como a da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer também desenvolve atividades para esta faixa etária da população. Cerca de 50 crianças e adolescentes que integram o coral infantojuvenil do Conservatório Municipal de Música se apresentaram na feira.

Umas das entidades não governamentais participantes foi a Apae que atende 560 educandos, entre crianças, adolescentes e jovens. “Viemos participar da feira, sabendo da importância do Selo Unicef para o município”, declarou a coordenadora Leda Freitas.

Depois das apresentações e da visita aos estandes, a mediadora do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Ângela Amorim, representantes governamentais e da sociedade civil participaram da assembleia do Fórum realizada no próprio auditório da praça.

Redacão Jornal do Sudoeste

Redacão Jornal do Sudoeste

Desde seu lançamento, o JS vem revolucionando a imprensa regional. Foi e continua sendo pioneiro na adoção de cores em todas as suas páginas e no lançamento de suplementos especiais que extrapolam o simples apelo comercial, envolvendo a comunidade em reflexões sobre temas de interesse geral por ocasião do Natal e dos aniversários de emancipação de municípios da sua área de abrangência de circulação.
Categorias