Feliz aquele

Para se falar é preciso conhecer.

Nada pior do que aquele que sai falando loucamente como se propriedade tivesse, mas, na verdade, é mais raso que um pires.

Será que existe algo mais raso que um pires?

Mas são esses que, sem dó nem piedade daqueles que os cercam, saem como loucos, repetindo, muitas vezes, verdades forjadas por pessoas mal intencionadas.

São esses que saem falando mil e uma coisas a quem por eles passam. Falando pelo simples desejo de se fazerem ouvir.

E como existem pessoas assim, como existem pessoas dispostas a despejar palavras ao vento sem nada terem a dizer.

E a disposição de falar muitas vezes é proporcional à falta de conhecimento.

Quantas vezes em encontros ficam calados os profundos para que os pires ambulantes esbanjem sua sabedoria ruidosa.,

Feliz aquele que sabe calar quando o que tem a dizer não acrescenta.

Feliz aquele que fala o que bebeu na fonte, os juízos que conhece de fato, o que traz sentido à vida.

Mais feliz ainda aquele que pode escolher em qual companhia ficar.

Vivi Antunes é ajuntadora de letrinhas e assim o faz às segundas, quartas e sextas no www.viviantunes.com.br

Vivian Antunes

Vivian Antunes

Vivi Antunes é ajuntadora de letrinhas e assim o faz às segundas, quartas e sextas no www.viviantunes.com.br
Categorias