Governo do Estado lança música junina para reforçar importância da vacina contra a Covid-19

Por: Comunicacao Governo da Bahia

O Governo da Bahia lançou, nesta quarta-feira (23), véspera de São João, uma canção em ritmo de forró para lembrar a população da importância da vacinação contra o novo coronavírus. Os cantores Margareth Menezes e Del Feliz dão voz à canção que cita outras doenças que foram controladas por meio de vacinas.
“Tenha cuidado, não caia na tentação, não se brinca com Covid, se vacina, meu povão” , cita trecho da canção.

A iniciativa é uma forma mais leve e lúdica de lembrar à população de que a vacina é essencial para que a pandemia seja controlada e, com isso, evitar que mais pessoas se contaminem e evoluam para a forma mais grave da doença.

A letra da música é uma composição de Margareth Menezes e Del Feliz. A cantora destacou que a canção é a forma que os dois encontraram para ajudar neste momento. “A música tem uma mensagem positiva e ficamos felizes de estar ajudando o nosso povo a ter mais consciência da necessidade da vacinação. É um momento difícil, mas a música torna as coisas um pouco mais leve e comunica rápido. A nossa expectativa é que venha mais vacina e que todas as pessoas se vacinem. Espero que a Bahia continue nesse objetivo e com o trabalho dedicado a imunizar todos os baianos”.

Vacinação

A Bahia é um dos estados com maior número de imunizados no país. Até o final da tarde da última terça-feira (22), o estado já havia vacinado 4.515.218 contra a Covid-19, sendo que 1.726.913 receberam também a segunda dose.
XOTE DA VACINA
(Margareth Menezes e Del Feliz)
Oh minha gente,
Se não tivesse vacina
Como é que a gente ia viver?
Uns correndo do Sarampo
Outros da Difteria, Coqueluche,
Meningite e Hepatite B
Febre Amarela, socorro,
Que Deus livre, Tuberculose,
Nem é bom falar
Rubéola, Tétano, Gripe, Paralisia,
Caxumba, Pneumonia,
Ninguém ia aguentar
Por isso mesmo
É existe a vacina
Foi um socorro
Que a ciência descobriu
Tenha cuidado,
Não caia na tentação
Não se brinca com COVID,
Se vacine, meu povão
Só vou no seu forró
Se tiver vacinada
Só vou te ver de perto
Se for vacinada
Quero ver minha gente
Toda vacina
Eu só vou na tua casa
Se tu tiver vacinada
Só vou no seu forró
Se tiver vacinada
Só vou te ver de perto
Se for vacinada
Quero ver minha gente
toda vacina
Nesse momento,
Sem vacina, não tem nada
Foto de capa: Secretaria de Comunicação Social

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,