Ministério da Saúde prioriza vacinação contra a Covid-19 a trabalhadores do transporte coletivo

Mais 7 milhões de doses são distribuídas aos estados e DF em até 48 horas

Por: AGÊNCIA SAÚDE

 

Nesta semana, o Ministério da Saúde tem uma excelente notícia aos trabalhadores do transporte coletivo. Motoristas, cobradores e outros profissionais que atuam em transportes coletivos estão contemplados e serão priorizados na vacinação contra o Corona vírus. Nas próximas 48 horas, mais de 7 milhões de doses de vacinas Covid-19 serão distribuídas para todos os estados e Distrito Federal.

A novidade fica por conta do imunizante da Janssen: o primeiro lote que chegou ao Brasil nesta terça-feira (23), com 1,5 milhão de doses, já começa a ser entregue às Unidades Federativas. A distribuição também conta com 3,2 milhões de doses do Butantan e outros 2,3 milhões de doses da Pfizer.

Outra boa notícia é que mais dois grupos prioritários passam a ser atendidos: profissionais do ensino superior e trabalhadores do transporte coletivo rodoviário urbano e de longo curso de passageiros, reforçando que a vacinação caminha em ritmo acelerado no País.

As novas remessas também são destinadas para vacinação de trabalhadores do ensino básico, forças de segurança e salvamento, Forças Armadas, pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas com comorbidades, e pessoas com deficiência permanente.

A estratégia de distribuição é definida em reuniões entre União, estados e municípios, observando as confirmações do cronograma de entregas por parte dos laboratórios. O objetivo é garantir a cobertura vacinal no tempo recomendado de cada imunizante: 12 semanas para a vacina da Pfizer e quatro semanas para a do Butantan. Já a vacina da Janssen é de aplicação única.

As orientações sobre a vacinação e a divisão das doses por Unidade Federativa estão no 25º informe técnico.

PÁTRIA VACINADA

Até agora, o Ministério da Saúde já distribuiu mais de 123 milhões de doses de vacinas Covid-19 dos laboratórios contratados – contando com essa nova pauta, serão mais de 129 milhões de doses entregues. Mais de 90 milhões de doses já foram aplicadas, sendo que mais de 40% da população-alvo de 160 milhões de brasileiros já recebeu a primeira dose da vacina.

 

 

 

 

Foto de capa: Walterson Rosa/MS

 

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,