Inadimplência no varejo de moda tem 8% de alta em novembro

Índice Meu Crediário aponta que 7,82% das parcelas do crediário – agora também conhecido como ‘buy now pay later’ – estavam atrasadas em até 90 dias no encerramento do mês, enquanto o indicador era de 7,18 em outubro

Por: Marcela Borges

A inadimplência do crediário no varejo de moda registrou um aumento de 8,15% em novembro em relação ao mês de outubro. O levantamento revela que 7,82% das parcelas do crediário estavam atrasadas entre 61 e 90 dias no encerramento do mês de novembro, enquanto o indicador era de 7,18% em outubro. Na comparação anual houve um aumento de 32,13%, uma vez que o índice ficou em 5,31% em novembro de 2020. Os dados em questão são do Índice Meu Crediário, pesquisa mensal que mede os níveis de inadimplência em cerca de 200 redes varejistas do país.

Realizado pelo Meu Crediário – fintech especializada no setor – o levantamento possui um nível de confiança de 95%. Vale ressaltar ainda que o índice de inadimplência de novembro de 2021 refere-se às compras realizadas pelos consumidores em agosto e que estão atrasadas entre 61 e 90 dias. Após esse período, o cliente já é considerado inadimplente pelos órgãos de proteção de crédito.

Segundo Jeison Schneider, CEO do Meu Crediário, o cenário de alta da inadimplência já era esperado, principalmente em razão do aumento da inflação. “Com a inflação em alta, mesmo aqueles consumidores que possuem bons históricos de quitação de parcelas, passam a atrasar alguns pagamentos, devido à necessidade de manter em dia o compromisso com contas mais prioritárias e essenciais. Para o varejista, é muito importante neste momento, diante deste cenário, ajustar a régua de limite de concessão de crédito. Outro ponto importante é intensificar as ações de cobrança para que as parcelas atrasadas sejam quitadas e ainda realizar campanhas de negociações de dívidas agora no mês de dezembro, período em que muitos clientes recebem o 13º salário e podem direcioná-lo para este fim”, explica.

“Além disso, nas lojas analisadas, os clientes novos são os principais responsáveis pelo aumento do índice. Boa parte das lojas, com clientes tradicionais, possuem inadimplência estável. O cenário aponta que, clientes que antes conseguiam comprar à vista, devem buscar o modelo de compra parcelado nos próximos meses para atender a necessidade de consumo”, completa.

Proprietário de um sistema de gestão especializado no crediário próprio multicanal e pioneiro na modalidade ‘buy now pay later’ no Brasil, o Meu Crediário idealizou o levantamento com intuito de trazer um panorama completo sobre o desempenho da modalidade no varejo de moda brasileiro. Dentro do setor, o crediário hoje representa em média 40% do faturamento dos lojistas.

Solução garante pagamento aos lojistas

A fim de aperfeiçoar a modalidade, a fintech também lançou recentemente o Meu Crediário Garantido, que oferece ao lojista a garantia do recebimento das parcelas do crediário, mesmo se o cliente não efetuar o pagamento. “Nossa expectativa é que mais lojas passem a buscar por essa solução, que também é operada pelas parceiras Tidas e Servipa. O serviço agrega mais tecnologia e praticidade na operação de vendas a prazo dos varejistas que já possuem crediário próprio”, finaliza Schneider.

Sobre o Meu Crediário

Fintech lançada em 2016, o Meu Crediário é proprietário de um sistema de gestão especializado no crediário próprio multicanal e pioneiro na modalidade ‘buy now pay later’ no Brasil. A empresa oferece uma solução completa para a concessão de crédito, do carnê ao digital, em lojas de diversos segmentos varejistas como calçados, moda, óticas, materiais de construção, entre outros. Para facilitar a gestão, reduzir o risco de inadimplência e aumentar a rentabilidade dos lojistas, o Meu Crediário dispõe ainda de um sistema eficiente de análise de crédito, com automatização de cobranças e negativação de devedores, além de permitir variados métodos de pagamentos aos clientes, inclusive o Pix. A fintech atende atualmente 800 lojas em todo o Brasil, com presença em mais de 500 cidades e todos os estados do País. Mensalmente também realiza o Índice Meu Crediário, levantamento que traz um panorama sobre a modalidade no varejo brasileiro.

Para mais informações, entrevistas e personagens do Meu Crediário:

Equipe Motim

Marcela Borges – [email protected]

11 93077-4338

Raphael Bueno – [email protected]

11 99723-7397

Luís de Magalhães – [email protected]

11 95292-8049

MOTIM

www.motim.cc

 

 

 

 

Foto de Capa: Divulgação

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,