Informações rachadas!

Estamos a assistir a uma verdadeira loucura desesperada, da imprensa,  na divulgação de informações sobre a existência da “rachadinha” na Câmara de Deputados do Rio de Janeiro, ocorrida há dezessete anos! É uma prática essa que faz com que os funcionários dos gabinetes dos deputados, devolvam parte dos salários ao gabinete onde prestam serviço.

Quem ouve esse desespero jornalístico de apresentar essa situação e não conhece o funcionamento de uma Câmara Legislativa pensa que aquela instituição é um acampamento, onde todos fazem o que querem sem controle nenhum de nada, agem livremente como se não devessem atenção a ninguém! Não é assim não, pelo menos não deveria ser!

Numa instituição como essa há uma série de normas, regras, regimento interno, estatuto de funcionamento, setores de controles internos e externos bem como auditorias, dentre outros controles! Dentro desse contexto vem a pergunta: qual o porquê dessas seções não terem atuado na proteção da instituição como deveriam ter feito? Qual o porquê de deixarem esse descalabro todo ter acontecido, há tanto tempo, sem que tenha incomodado ninguém enquanto tudo estava acontecendo? Qual o porquê do incomodo agora, depois dos fatos acontecidos?

Uma Câmara Legislativa é uma casa onde circulam valores financeiros elevados porque os salários dos deputados são elevados. Tudo isso não acontece ao ar livre, sem nenhuns controles absolutos.

Portanto, antes de se mover um processo a algum deputado, em especial, devem ser responsabilizados todos aqueles que deveriam proceder aos devidos controles e não o fizeram!

São várias as instâncias de controle que deveriam ter apontado todas as irregularidades inclusive o Tribunal de Contas do Estado, que deveria ter em atenção os valores financeiros que o estado passou àquela instituição legislativa.

Além desses setores todos há a Receita Federal que controla a movimentação financeira pessoal dos parlamentares em seus valores absolutos e transações econômicas, mobiliárias e de todas as ordens, na vida de todos os cidadãos brasileiros.

Os meios de comunicação, na ânsia de se sobreporem aos fatos, esquecem quem verdadeiramente deveria procurar para apresentar as culpas devidas.

Quem são e onde estão, objetivamente, os maiores prejudicados pelo que aconteceu naquele espaço de tempo?

Por que os verdadeiros responsáveis estão esquecidos, por quê?

Cícero Carlos Maia

Cícero Carlos Maia

Categorias