Interessante você

“Menina, foi um prazer conhece-la. Há muito,não conversava com alguém tão interessante como você.”

Ela sorriu como se ouvir aquilo fosse a coisa mais natural do mundo.

Não era.

Despediu-se, virou as costas e foi embora.

Enquanto caminhava apressadamente, cabelos ao vento, peito estufado e sorriso de uma orelha a outra, ia pensando no que acabara de ouvir:

“Há muito, não conversava com alguém tão interessante como você.”

Quando ela estava assim, completamente empolgada, não dava conta de apenas pensar, tinha que discutir as ideias. Estando sozinha no meio da rua, a discussão tinha que ser com a mais cruel, feroz e impetuosa de todas as suas interlocutoras: ela mesma.

Enquanto fazia isso, pensava que, talvez, ele fosse generoso.

“Não, menina, você é mesmo interessante.”

Talvez, fosse apenas gentil.

“Claro que não! Você deu atenção a ele, riu de suas piadas, fez com que ele risse. Óbvio que gostou de você.”

Quem sabe? Apenas seja extremamente educado.

“Olha, o negócio é o seguinte: eu estou aqui, concordando com o cara, enchendo sua bola, afirmando de que você realmente é tudo isso que ele falou. Não quer acreditar? Vá tomar banho.”

Acho que ele realmente tem razão. Sou mesmo uma mulher interessante. Com certeza a mais interessante que ele conheceu na vida inteira!

E assim, dona de si e convencida de que tudo que ouvira aquela tarde era mesmo verdade, a Menina continuou o seu caminho, certa do que realmente era.

Vivian Antunes

Vivian Antunes

Vivi Antunes é ajuntadora de letrinhas e assim o faz às segundas, quartas e sextas no www.viviantunes.com.br
Categorias