Maio da Diversidade: Debate aborda o tema “Juventude e o Enfrentamento à Violência LGBTfóbica”

Por Ascom SJDHDS

 

Como parte das mobilizações do Maio da Diversidade, a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS) promove, na próxima segunda-feira (17), das 14h às 17h, o seminário “Orgulho de Ser: Juventude e o Enfrentamento à Violência LGBTfóbica”. O evento será transmitido ao vivo pelo canal do Youtube da secretaria.

O Seminário conta com as participações do secretário da SJDHDS, Carlos Martins, da Major Denice, superintendente de Prevenção à Violência da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), representações do Conselho Estadual de Educação (CEE), Ministério Público, Defensoria Pública, Secretaria de Educação (SEC), Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (SETRE), Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), Plan International e Universidade do Estado da Bahia (UNEB).
O evento será dividido em três blocos com mesas temáticas com discussões sobre os temas: Segurança Pública; Empregabilidade e Educação. Os participantes podem interagir com o envio de perguntas.
A mediação do Seminário será realizada pelas Coordenação de Políticas LGBT e pela Coordenação de Políticas para a Juventude da SJDHDS.
Programação
14h – Abertura
Carlos Martins – Secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do Estado da Bahia
Fernanda Sampaio – Coordenadora de Políticas Públicas para a Juventude
Kaio Macêdo – Coordenador de Políticas LGBT
Ronald Castro – Presidente do Conselho Estadual de Juventude
Danilo Bittencourt – Vice-Presidente do Conselho Estadual LGBT
14:30h – Mesa “Desafios e avanços da comunidade LGBTQIA+ no mercado de trabalho”
Milena Passos – técnica da Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia
Elaine Amazonas – Gerente de Projetos da Plan International Brasil
15:30h – Mesa “Segurança Pública e os direitos LGBTQIA+”
Major Denice Santiago – Superintendente de Prevenção da Violência da Secretaria de Segurança Pública da Bahia
Márcia Teixeira – Promotora de Justiça e Coordenadora do Centro de Apoio Operacional de Direitos Humanos do Ministério Público da Bahia
Lívia Almeida – Defensora Pública e coordenadora da Especializada de Proteção de Direitos Humanos da Defensoria Pública da Bahia
16:30h – “Representatividade LGBTQIA+ na educação”
Dandara Black – Pedagoga do Centro de Promoção e Defesa dos Direitos da População LGBT
Ícaro Jorge – Diretor de Direitos Humanos da UNE
Jurema Brito – Diretora de Currículo, avaliação e tecnologias educacionais da Superintendência de Com para a educação Básica.

Arte: Divulgação.

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,