Microcefalia e pandemia: Um Fractal?

A pandemia no mundo e a microcefalia no Brasil, duas situações semelhantes, com a mesma aparência, um dentro do outro, como um fractal, “um objeto em que suas partes separadas repetem os traços do todo completo”. Qual a semelhança do que aconteceu no Brasil em 2015 (surto de microcefalia) para o que acontece no mundo hoje (pandemia)?

Primeiro as notícias assustadoras, mortes e muitos doentes. Algumas hipóteses sobre a origem do problema e estudiosos pesquisando. Seria um vírus  vindo de algum animal? Ou o resultado de um erro humano? O comportamento das pessoas é o mesmo, todos assustados e preocupados com as notícias, desejando o desenvolvimento de uma vacina que proteja do problema. As orientações das autoridades (OMS): não sair de casase proteger com o uso de máscaras e de álcool na pandemia.

Microcefalia no Brasil, em 2015, o surgimento de um número exagerado de crianças nascendo com microcefalia, causa desconhecida. Algumas hipóteses sobre a origem do problema e estudiosos pesquisando. A causa seria o Zika Vírus ou a vacina? O comportamento das pessoas, todos assustados e acompanhando as notícias, desejando o desenvolvimento de uma vacina que protegesse as famílias desse problema. As orientações das autoridades (Ministério da Saúde), foi que as gestantes procurassem não sair de casa, se saíssem procurassem se proteger, com mangas e calças compridas.

Na microcefalia, o resultado foi que as autoridades (MS) declararam que a causa foi o Zika Vírus. O surto de microcefalia passou e consequentemente uma infinidade de artigos científicos surgiram com informações fornecidas por nossas autoridades. Quais foram os estudos que comprovaram a hipótese de que a causa foi o Zika Vírus? E se tiver sido resultado de um erro humano? Se a vacina dTpa que foi incluída no calendário de vacinação das gestantes em 2014, para todas as gestantes do SUS tiver causado má formação nos bebes, microcefalia para quem estava nos primeiros meses de gestação? Se para não assumir um erro colocaram a culpa no mosquito?

As semelhanças entre pandemia e microcefalia são muitas e se continuarem brevemente teremos mais artigos científicos falhos, desenvolvidos a partir de informações falsas. No entanto o Brasil não precisou de vacina e o problema desapareceu, com alguns mortos e muitas sequelas, mas acabou o surto de microcefalia. E como será com essa pandemia? Será que vamos precisar mesmo de vacina ou surgira alguma “imunidade coletiva” e tudo passará? Será que também vão colocar a culpa em algum animal? No Brasil a culpa foi pro mosquito, na China será que vai pro morcego ou pro macaco?

Moral da história: o mundo todo precisa ser educado em valores, pois sem eles nem a ciência escapa. Precisamos formar cidadãos de bem, honestos, responsáveis, comprometidos com o bem comum, com coragem de procurar e lutar pela verdade. Pela conservação da vida, em 2021 diga SIM a educação em valores.

Rosita Capelo Fonteles

Rosita Capelo Fonteles

Doutoranda em Psicopedagogia na UAH (Universidad de Alcalá de Henares), Espanha, e pesquisadora de proposta educativa voltada para o desenvolvimento humano;  autora do Programa Cinquenta Minutos de Valores Humanos para o Ensino Superior; membro da equipe pedagógica do Programa Cinco Minutos de Valores Humanos para a Escola (https://www.cincominutosdevalores.org/) ; especialista em Educação Biocêntrica pela UECE (Universidade Estadual do Ceará); especialista em informática pela UFC (Universidade Federal do Ceará); licenciada em letras pela UECE, Brasil.
Categorias