Município, base política do País

O município é a célula fundamental da vida política do país.
A Democracia, em nível nacional, começa pela Democracia em nível municipal.
A opinião do povo sobre Presidente, Governadores, deputados, senadores, é formada, em grande parte, através da imprensa.
A opinião sobre os candidatos às Prefeituras e ás Câmaras Municipais resulta de uma observação direta.
A imprensa influi na formação do juízo popular sobre os que desejam exercer mandatos municipais.
Mas a palavra final cabe à consciência dos munícipes.
Em razão da importância política do Município, as eleições para a escolha dos Prefeitos e Vereadores são extremamente sérias.
No Espírito Santo alguns municípios elegerão os Prefeitos no segundo turno.
Na Capital do Estado, João Coser (PT) e Delegado Pazolini (Republicanos) disputarão a preferencia do eleitorado.
Haverá debates na televisão e em outros espaços públicos.
Os candidatos apresentarão suas propostas.
Tudo isso é importante e merece cuidadoso interesse do eleitorado.
O Espírito Santo não é um Estado de grande extensão, como Bahia, Minas Gerais, São Paulo.
Em nosso Estado, o povo conhece os candidatos, suas qualidades e defeitos, seus méritos e seus pecados.
O juízo ético sobre os pretendentes aos cargos em disputa é legítimo.
Tudo ponderado, a palavra final cabe ao eleitor.

João Baptista Herkenhoff

João Baptista Herkenhoff

João Baptista Herkenhoff, magistrado aposentado, 74 anos, é professor pesquisador da Faculdade Estácio de Sá de Vila Velha (ES) e palestrante Brasil afora. Autor do livro Mulheres no banco dos réus – o universo feminino sob o olhar de um juiz (Editora Forense, Rio, 2009). E-mail: [email protected] Homepage: www.jbherkenhoff.com.br
Categorias