Municípios da Bahia terão veículos adaptados para atender pessoas com deficiência

Furgões foram adquiridos pelo Ministério Saúde para deslocamento de pacientes atendidos por 08 Centros Especializados em Reabilitação (CER), no estado da Bahia

 

Por Zinda Perrú, Agência Saúde

 

Na Bahia, 7 municípios receberão veículos adaptados para ampliar o acesso e promover a qualificação dos serviços de reabilitação de pacientes atendidos pelo SUS. Receberão os veículos as cidades de Itapetinga, Feira de Santana, Alagoinhas, Jacobina, Barreiras, Camaçari e Salvador (2 veículos).  Para a aquisição dos furgões destinados aos municípios baianos, o Ministério da Saúde investiu R$ 1,4 milhão, sendo R$ 183,9 mil o valor unitário. Os carros vão garantir o acesso da pessoa com deficiência que não apresentam condições de mobilidade e acessibilidade aos pontos de atenção da Rede de Cuidados no Sistema Único de Saúde.

A distribuição de veículos para a Bahia faz parte da compra de 97 veículos adaptados, pelo Ministério da Saúde com investimento total de R$ 17,8 milhões, que vão atender a Centros Especializados em Reabilitação (CER), em 87 municípios de 23 estados. Com essas aquisições, todos os CER habilitados no país passarão a contar com veículos adaptados.

A doação dos veículos promove a inclusão social, autonomia e melhoria da qualidade de vida de brasileiros com deficiência. O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, reforça que o transporte adaptado garante a mobilidade e mais autonomia da pessoa. “Principalmente, para aquela pessoa que tem sofrido algum tipo de dependência para a sua reabilitação em função de algum tipo de acidente que ela sofre. Para nós, é fundamental o investimento do governo federal e com certeza essas pessoas estarão felizes por receberem esse reforço”, destacou Gilberto Occhi.

As vans doadas pelo Ministério da Saúde são adaptadas com plataforma elevatória veicular, para o embarque e desembarque de usuários cadeirantes. O veículo também é equipado com sistemas de segurança para fixação da cadeira de rodas, cintos de segurança, além de protetores de cabeça para cada cadeirante, possibilitando o transporte seguro de nove usuários, sendo três cadeirantes.

ASSISTÊNCIA – O Brasil possui 2.233 serviços de reabilitação em funcionamento voltados para pessoas com deficiência, dos quais 214 são Centros Especializados em Reabilitação, 36 Oficinas Ortopédicas, 244 serviços de reabilitação em modalidade única e 1.739 serviços de reabilitação credenciados pelos gestores locais. Esses centros podem atender as deficiências física, ou visual, ou intelectual ou auditiva.

Desde 2012, o Ministério da Saúde já destinou mais de R$ 546,1 milhões de reais para a construção, reforma, ampliação e aquisição de equipamentos de CER e Oficinas Ortopédicas

MUNICIPIOS E ESTABELECIMENTOS DE SAÚDE QUE RECEBERÃO OS VEÍCULOS

UFMunicípioNome do EstabelecimentoNaturezaTipo
BASalvadorInstituto Baiano de Reabilitação (IBR)FilantrópicaCER II
BASalvadorASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS (APAE)FilantrópicaCER II
BAItapetingaAssociação de Pais e Amigos dos Excepcionais  – APAE de  ItapetingaFilantrópicaCER II
BAFeira de SantanaAPAE de Feira de SantanaFilantrópicaCER II
BAAlagoinhasSociedade Pestalozzi de AlagoinhasFilantrópicaCER III
BAJacobinaAPAE JacobinaFilantrópicaCER II
BABarreirasCEPROESTE (Centro de Reabilitação de Deficiências do Oeste da Bahia)PúblicaCER II
BACamaçariCEMPRE Centro Multiprofissional de Reabilitação FísicaPúblicaCER II
Foto capa: diariodenavarra.es (Reprodução)

Jornal do Sudoeste

Categorias