77 3441-7081 — [email protected]

Não apenas um, mas três projetos de leis põem em risco os direitos trabalhistas

Não só o Projeto de Lei 4302/98, que trata sobre a terceirização irrestrita do trabalho, aprovado na semana passada pela Câmara dos Deputados oferece riscos aos direitos trabalhistas dos brasileiros, mas outros dois projetos ainda em andamento no Congresso Nacional ameaçam a Consolidação dos Direitos Trabalhistas, como afirmou o deputado federal Waldenor Pereira, em entrevista ao programa Redação Brasil, da Brasil FM, em Vitória da Conquista.

 

Na opinião do parlamentar baiano, o PL 4302 é um dos mais nocivos, trazendo mais prejuízos até que o 4330/16, que hoje tramita no Senado Federal. “Esse projeto, ele traz no seu bojo aproximadamente 43% das matérias que dizem respeito à Reforma Trabalhista, como a prevalência do acordado sobre julgado, e é essa matéria rasga a CLT”, comentou.

 

Waldenor, que é membro da Comissão Especial que trata sobre o Projeto de Lei 6787, dos direitos trabalhistas, acompanha de perto os debates no Congresso Nacional e acredita que a pressão popular tem feito os parlamentares da base governista de Michel Temer mudarem de opinião.

 

“Essa mudança de opinião se dá com relação às matérias que são prejudiciais aos trabalhadores e ferem frontalmente os direitos sociais e dos direitos dos trabalhadores. Porque, à rigor, as duas reformas, a trabalhista e da previdência, têm muita relação uma com a outra. E eu acho que a população brasileira acordou para o fato de que o governo golpista e ilegítimo do Michel Temer tem como objetivo retirar direitos dos trabalhadores”, afirmou.

Redacão Jornal do Sudoeste

Redacão Jornal do Sudoeste

Desde seu lançamento, o JS vem revolucionando a imprensa regional. Foi e continua sendo pioneiro na adoção de cores em todas as suas páginas e no lançamento de suplementos especiais que extrapolam o simples apelo comercial, envolvendo a comunidade em reflexões sobre temas de interesse geral por ocasião do Natal e dos aniversários de emancipação de municípios da sua área de abrangência de circulação.
Categorias