77 3441-7081 — [email protected]

O Brasil desprovido de governabilidade

Uma das maiores falhas de um líder, senão a maior, é pecar pelo exemplo. No nosso ambiente de caserna, em razão da nossa condição de militar, sempre ouvimos a máxima: “A palavra convence, mas o exemplo arrasta”, ou seja, diante do seu bom proceder, naturalmente você terá também bons seguidores, em razão da sua postura positiva, da sua forma de agir!
Depois dos últimos acontecimentos, envolvendo a cúpula esquerdista numa “onda” de crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, principalmente, vem à tona questionamentos sobre aqueles que não compõem a mencionada cúpula, pois se “eles” que estão no ápice da pirâmide do poder têm se permitido ou se permitiram a tais disparates, imaginemos o escalão de assessoramento, e assim por diante!
Como a “coisa” estava fácil demais, pois até então ninguém tinha sido condenado da forma que todos nós tomamos conhecimento, envolvendo nada mais nada menos do que o ex-presidente da nossa República, ministros, parlamentares, dentre tanta gente “importante”, tudo isto no governo do PT, dessa gente aí que ainda pugna pela permanência no poder, com a maior “cara de pau” e o maior cinismo — e o que é pior, sob o amparo e apoio de inúmeros “seguidores ideológicos” incautos, porque não dizer cegos —, acompanhamos também vários casos de desvios de recursos públicos, superfaturamento de obras, dentre outros, cujos envolvidos foram prefeitos de muitas cidades deste nosso Brasil, os quais se permitiram a entrar na “onda” petista e estão respondendo a processos.
Ora, como se pode ter governabilidade diante de tanta exposição negativa perante a sociedade brasileira? Não foi à toa que tivemos no país inúmeras manifestações populares contrárias a essas excrescências! A esse descaso para com a coisa pública! O país se transformou em um “oceano de ilícitos”, tudo isto sob a batuta petista! O exemplo negativo conduziu a nação ao caos, à corrupção desenfreada, ocasionando a pior crise dessas últimas décadas! Que possamos refletir sobre o Brasil que queremos! Se o nosso Presidente Bolsonaro não atender às nossas expectativas, não aprumando o país, saberemos, com a mesma veemência, sinalizar seus erros e pugnar para a sua substituição, pois, na condição de brasileiro, temos a obrigação de auxiliar um bom governo!
Irlando Oliveira

Irlando Oliveira

Irlando Lino Magalhães OliveiraIrlando Lino Magalhães Oliveira é Oficial da Polícia Militar da Bahia, no posto de Tenente-Coronel, escritor, ensaísta e especialista em gestão da segurança pública e direitos humanos.
Categorias