O preço do exercício do poder político!

Estamos há cem dias a assistir o novo governo, democraticamente eleito, ser atacado com uma constância quase inacreditavelmente doentia! Primeiro foram os filhos do Presidente. Estiveram no foco de acusações como se os mesmos fossem bandidos ou marginais irrecuperáveis. Não são! Um é Advogado e Senador da República, outro é Engenheiro Aeronáutico e Deputado Federal e outro, além de vereador é funcionário da Polícia Federal. Claro que com essas formações eles se posicionam política e socialmente, no contexto da vida nacional.

Relativamente ao Presidente, as críticas são piores que as dedicadas ao palhaço Tiririca, que os qualificados eleitores paulistas reenviaram à Câmara dos Deputados. Há uma omissão criteriosa em não citar valores que certificam ao cidadão presidente a capacidade de ocupar o cargo que ocupa! Ninguém comenta que Sua Excelência, o presidente brasileiro, é um oficial de nível superior das Forças Armadas graduado pela Academia Militar das Agulhas Negras popularmente conhecida como AMAN! É um ex-deputado Federal por mais de vinte anos e que dedicou muito do seu trabalho a defender, nos últimos anos o grande potencial das reservas de nióbio que existem no Brasil!

Esses primeiros cem dias, com certeza, foram de muito ressentimento especialmente para todos aqueles que em tempos outros viam fortunas escoando em cuecas, carros fortes, malas, mochilas e coisas que o valham. Vimos um grande contrato sobre implantação de barreiras eletrônicas para o controle das velocidades urbanas e em estradas ser impedido de ser implantado porque não estavam a buscar a proteção dos transeuntes em determinado trechos da estrada, mas o descuido dos motoristas para serem criminosamente punidos a pagar multas, cada vez mais astronômicas impiedosamente!

Não vimos até agora a diplomacia brasileira ser tratada como tosca, pequena e anã como foi tratada, vergonhosamente, em outros momentos pela comunidade diplomática internacional.

Alunos foram convidados a cantar o hino nacional ao invés do hino da internacional socialista e foram ridicularizados por além de serem convidados a cantar serem filmados. O ministro que propôs esse “descalabro” perdeu o posto de trabalho como ministro. Entretanto, crianças serem filmadas a afagarem modelo adulto masculino nu, no pátio de um shopping, não tem agressividade nenhuma!

O que está acontecendo?

Cícero Carlos Maia

Cícero Carlos Maia

Categorias