Quanto ganha um administrador público? Entenda mais sobre a profissão

Quer descobrir quanto ganha um administrador público? Reunimos informações sobre salário, opções de atuação e funções da carreira.

 

 

Por: Gabriel Raposo/Netlinks

 

Quem se interessa pela área de gestão pública, precisa entender de alguns processos, como o de Licitação. São esses detalhes que fazem a atuação do administrador público diferente da atuação do administrador de outros setores. 

É comum encontrar quem procure saber quanto ganha um administrador público, principalmente nos anos finais do ensino médio. Em que existe uma busca maior por profissões bem remuneradas. 

Esse é um dos cargos que têm melhor retorno financeiro e que também garante estabilidade. O que determina quanto ganha um administrador público também precisa ser aferido.

Já que entre o piso e o teto salarial, existem muitas possibilidades que são definidas em edital. Uma vez que, para ser administrador público, é necessário passar pelo concurso público.

Quer ter mais informações sobre quanto ganha um administrador público e como ter uma carreira nesse segmento? Acompanhe o conteúdo.

O que faz um administrador público? 

O administrador público tem como função coordenar as atividades da entidade que atua, seja ela prefeitura, empresas públicas, entidades e autarquias.

Isso inclui a aquisição de insumos, contratação de serviços e de recursos humanos. Assim como a adaptação aos processos burocráticos dentro da lei e a rotina administrativa específica de cada organização. 

O que difere muito o administrador dos setores privados e do terceiro setor do administrador público, é que para qualquer passo ele precisa entender das leis. E isso vale tanto para as leis federais, quanto para as leis municipais. 

Por exemplo, para a aquisição de um produto, o administrador precisa abrir o processo licitatório que exige uma disputa igualitária entre as empresas que se interessarem. 

Existe também o balanço geral, que sempre é pensado para a prestação de contas do serviço público para a sociedade. 

Essas especificidades é o que faz aumentar o interesse em quanto ganha um administrador público. Já que é um cargo que exige mais do que uma formação administrativa. 

Entenda o mercado de trabalho para um administrador público

O foco do trabalho, assim como quanto ganha um administrador público, depende muito do seu tipo de atuação. Essa é uma atividade que pensa especialmente na administração de entidades públicas, mas que pode trabalhar também no setor privado. 

Muitas empresas têm como foco destinar trabalho como terceirizados do setor público, ou até mesmo, viver de incentivo fiscal. 

Ou seja, depende das políticas públicas e precisando de quem saiba gerir estratégias que contemplem as leis e os processos burocráticos em questão. 

O administrador público pode então atuar nesse tipo de negócio, seja por consultoria ou como um gestor especializado. 

Essa é uma profissão que ainda tem muito espaço e que ganha novos contornos a cada novo tipo de relacionamento empresarial com o setor público. 

Quanto ganha um administrador público?

Depois de entender quais são as atribuições do cargo, fica mais fácil saber quanto ganha um administrador público. 

O piso salarial para esse profissional depende muito do nível que está na empresa e do tamanho dela. 

Em pequenas empresas, o administrador público ganha como treinee em média R$ 1.800,00. Enquanto em uma grande empresa o mesmo nível pode ser de mais de R$ 3.000,00. 

Nas instituições públicas, o administrador público pode ganhar até mais de R$ 10.000,00. Cada edital traz requisitos e os valores que serão pagos. Entretanto, a média salarial para essa profissão é de R$ 4.500,00. 

Quais são as possíveis áreas de atuação da administração pública

Quem trabalha com administração pública tem um leque de possibilidades grande. Mesmo que seja uma profissão que pareça ter um foco determinado, é possível trabalhar em todos os setores. 

Essa escolha também estipula quanto ganha um administrador público. Já que alguns setores podem ser mais bem remunerados. Vejam quais são as possibilidades de quem busca esse tipo de atuação:

Órgãos públicos

Os órgãos públicos são as entidades que conhecemos como ministérios, secretarias, tribunais e até a presidência. Governantes são considerados administradores públicos. 

No entanto, quem quer trabalhar como administrador público sem entrelaçar a política, também pode atuar nessas entidades. São necessários concursos públicos e o chamamento para poder ingressar em alguma delas. 

Fundações públicas

As fundações são como braços dos órgãos públicos. Elas são entidades jurídicas de direito público, ou seja, têm autonomia, mas respondem às leis e ao Estado. 

Algumas fundações são muito conhecidas, como é o caso da FUNAI, da FAPESP e do PROCON. Um administrador público pode atuar nelas com tranquilidade

No entanto, assim como para atuação em órgãos públicos, é necessário concurso público ou ser indicado por governantes. 

Empresas estatais 

As empresas estatais são autônomas, mas também respondem ao poder público. Algumas das mais conhecidas são a Petrobras e a Caixa Econômica Federal. 

Um administrador público pode ter infinitas possibilidades dentro de empresas estatais, nos mais diversos segmentos. Para elas, além do concurso público também é possível haver contratações eventuais temporárias ou não. 

Autarquias 

As autarquias controlam as empresas prestadoras de serviços públicos, como é o caso da ANATEL, Agência Nacional de Telecomunicações. Toda empresa que presta serviços de telecomunicações é controlada por ela. 

O administrador público pode atuar nas autarquias nos mais diversos segmentos e áreas de gestão. 

Consultoria 

Muitas empresas são focadas no trabalho em conjunto com a administração pública, prestando serviços, participando de licitações e outras possibilidades. 

Nesse caso, o administrador público pode atuar como um consultor, indicando processos de captação de recursos e até de prestação de contas para essas empresas. 

A consultoria é um campo muito vasto e empreendedor, e quem determina quanto ganha um administrador público, nesse caso, é o próprio profissional. É uma área muito bem remunerada. 

Delegatárias de serviços públicos

As delegatárias de serviços públicos são empresas que o Estado repassa alguma titularidade de serviço público para execução ou controle. Em todo funcionamento da máquina estatal é possível encontrar exemplos. 

Quem atua nessas empresas são prioritariamente os administradores públicos. Portanto, é uma área que se encontra sempre com novas possibilidades de contratação. 

Conclusão 

Saber quanto ganha um administrador público é saber mais do que números, já que essa função tem muitas possibilidades de atuação e portanto, de remuneração. 

Quem procura alinhar conhecimento jurídico com administração tem campos de atuação vastos. No entanto, para realizar concursos é preciso ter curso superior em gestão pública. 

Existe também o ensino técnico na área, que já garante boa remuneração em empresas privadas. Em todo caso, essa é uma atividade que ainda gera muita empregabilidade e é uma ótima opção de carreira.

 

 

Foto de capa: Ijeab/Freepik

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,