Santa Casa de Misericórdia e Providência de Brumado

Por iniciativa do jornalista Gildásio Amorim Fernandes, brumadense, radicado em Vitória da Conquista, e com laços familiares em Brumado. O jornalista Gildásio Amorim conhecido também por Comendador,  está empenhado em trazer para Brumado a instalação do Hospital  Santa Casa de Misericórdia e Providência,  tendo como referência a Santa Casa de Misericórdia de Vitória da Conquista, entidade centenária  que atende a cidade local  e toda a região  no setor de saúde, a exemplo de tantas outras no país.

 Para tanto se entendeu com a provedoria da Santa Casa de Conquista, colheu informações com o provedor e irmão Abmael Brito, provedor da entidade, que forneceu todos os dados necessários para a criação da Santa Casa de Brumado.

Segundo avaliação de Gildásio, a ideia da criação da Santa Casa de Misericórdia em Brumado, é uma idealização sua , e um desejo da população brumadense  de se criar essa instituição, que consolidará mais uma alternativa, para beneficiar as pessoas da cidade na área da saúde, principalmente a população  mais precisada, por ser um hospital filantrópico.

Várias reuniões foram feitas com diversas entidades civis, religiosas, militares e pessoas da sociedade interessadas. Com a mobilização da sociedade, formou-se uma comissão visando a instalação da entidade em Brumado, que será mais uma opção para o atendimento pelo SUS.

 O idealizador desse movimento, realizou a primeira reunião coletiva envolvendo representantes da sociedade, na 21ª Subseção da OAB de Brumado, tendo com anfitriã a presidente, advogada Ingrid Freire da Costa Vieira e seus membros. Nesta oportunidade apresentou-se os objetivos e a justificativa para a instalação da Santa Casa de Brumado.   Um novo encontro foi marcado, também na sede da 21ª Subseção da OAB, e criar-se uma comissão e designar realização de uma assembleia, para se providenciar o estatuto e formar-se uma diretoria para dar os encaminhamentos necessários para instalação da entidade. Para dirimir dúvidas e fazer sugestões, compareceram membros da Santa Casa de Conquista para essa finalidade.

Esse trabalho foi coordenado por Gildásio que providenciou e desenvolveu todo procedimento para instalação da Santa Casa em Brumado, a quem parabenizo pela iniciativa e a todos participantes desse evento.

O amigo e jornalista Gildásio, esteve várias vezes em minha residência, fez-me o convite para participar da comissão, mas, infelizmente, por motivo de saúde, não pude aceitar. As informações desse artigo foram repassadas por Gildásio, que me sugeriu fizesse um artigo contendo essas informações.

  É meu desejo, como o de todos os brumadenses participantes, que essa iniciativa seja concretizada.

Relaciono abaixo a composição da diretoria, realizado na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, (APAE) no dia 11 do corrente, com a presença de diversas autoridades convidadas.

Provedor – Gildásio Amorim Fernandes; vice-provedor – Acácia Gondim Ribeiro; primeira secretária – Cláudia Figueredo Nascimento; segundo-secretário – Paulo Esdras; primeiro tesoureiro José Macedo Gama; segunda tesoureira – Terenilda Dias Evangelista.

O Conselho Fiscal Efetivo: Teônio Lima Meira; Lucimar Leite dos Santos e Arlindo Polvinthai.

Suplentes: Jerry Adriano Garcia Prates; Sidney dos Santos Coqueiro e Diná Gomes Fernandes.

Conselho Consultivo: Miguel Lima Dias; Alessandro Oliveira Silva e Noélia Teles.

Antônio Novais Torres

Antônio Novais Torres é comerciante aposentado, membro fundador da Academia de Letras e Artes de Brumado, membro do Conselho da Cidadania de Brumado, ex-membro do PMDB e PTB e membro do Conselho Editorial do Jornal do Sudoeste.
Categorias

Deixe seu comentário