Serasa Experian aponta que um brasileiro é alvo de tentativa de fraude a cada 9 segundos

Segmento mais impactado foi o de Bancos e Cartões

 

Por: Viviane Garcia 

São Paulo, 07 de junho de 2022 – Um recente levantamento da Serasa Experian aponta que um brasileiro é alvo de golpistas a cada 9 segundos. Os dados mostram que durante o mês de abril, 298.964 brasileiros foram vítimas de tentativas de fraude. O número representa estabilidade se comparado ao mesmo período de 2021, quando foram registradas 298.432 tentativas de fraude. Veja os números totais no gráfico abaixo.

O segmento mais impactado foi o de Bancos e Cartões com 54,4% das tentativas. Em segundo lugar, estão as Financeiras, com 17,8%. O seguimento de Serviços foi responsável por 13,7% das ações dos fraudadores. No Varejo as tentativas de fraude representam 11% do total das investidas dos criminosos. O setor com o menor índice é o de Telefonia, que configura apenas 3%.

De acordo com o Head de Produtos de Verificação de Identidade e Prevenção à Fraude da Serasa Experian, Caio Rocha, é necessário redobrar os cuidados no compartilhamento de dados. “Os fraudadores são muito ágeis para desenvolver métodos onde conseguem ter acesso aos dados dos usuários. É fundamental que as empresas ofereçam mecanismos de segurança para seus clientes, mas o consumidor também deve ter cuidado ao disponibilizar e compartilhar suas informações pessoais.”

O levantamento ainda mostra que 52,2% das tentativas de golpe aconteceram na região Sudeste. No Nordeste aconteceram 17,5% das ações. A região Sul ocupa o terceiro lugar, com 15,3% das tentativas. Centro-Oeste registrou 8,9% do total das investidas e Norte 6,1%.

Em relação à faixa etária, o grupo que enfrentou o maior número de ações dos golpistas foi o de pessoas de 36 a 50 anos, com 36,1%. Em seguida, o percentual de 27,5% representa o público de 26 a 35 anos. Pessoas de 51 a 60 anos foram alvo de 14% das tentativas. Com 11,5%, o grupo até 25 anos aparece em quarto lugar e, por último, estão as pessoas acima de 60 anos sendo alvo de 10,9% das ações.

 

 

Foto da capa: Divulgação

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,