Tranquilidade é o encontro com a verdade

Nós vivemos tempos agitados. Muitas pessoas estão agitadas o tempo todo, não conseguem desligar nunca, estão sempre nos seus afazeres, nos seus trabalhos, preocupadas com muitas coisas de família, profissão, situação financeira, educação dos filhos, compromissos de amanhã… Isso faz com que a pessoa viva intranquila, ela está sempre agitada, inquieta, não consegue encontrar paz. Provavelmente quem está num agito muito grande não consegue se tranquilizar porque também tem medo de uma hora ficar sem fazer nada. O fazer nada possibilita encontrar-se com a própria verdade. Se eu não quero ver minha própria verdade me ocupo de muitas coisas. Pode ser o temor que muitas pessoas enfrentam, por isso não conseguem ficar um momento de silêncio, não conseguem encontrar a tranquilidade, porque esse momento de silêncio possibilitaria a elas enxergar-se como verdadeiramente são.  

Quando não tenho nada em que segurar, toda minha decepção pode vir à tona. Posso descobrir que minha vida está errada, que todo meu empenho pelos outros é algo incerto, só continuo para fugir do desespero. Então, permaneço agitado para fugir dessa verdade, mas no fundo não acredito mais se o que faço ou vivo tem sentido. Está tudo vazio e eu quero fugir desse vazio. Do contrário, minha consciência pode pedir a palavra. Sentimentos de culpa podem aparecer e disso eu tenho medo. O pior que poderia me acontecer seria ter de encontrar com a minha verdade. Como quero evitar isso a todo custo, sempre preciso fazer alguma coisa, ter alguma ocupação, assim o próprio tempo livre fica estressante. No lazer, também encho o vazio com mil atividades. As pessoas que se esquivam da sua verdade estão numa fuga constante de si mesmas e depois se queixam que estão estressadas. Elas mesmas são responsáveis pelo seu estresse. Não podem alcançar tranquilidade porque no fundo do coração não querem isso. Porque o medo dentro arraigado não as deixa nem por um minuto parar, silenciar, tranquilizar…
Caro leitor, essa é uma questão importante. Muitas vezes percebemos que tal pessoa está sempre agitada, trabalha muito, não para nunca, não desliga nunca… Pode ser que isso seja devido ao temor que ela tem de encontrar-se com a sua verdade. E depois ela diz que está estressada. Por que está estressada? Não consegue silenciar por quê? O silêncio faz a pessoa perceber-se como ela é e muitas não querem fazer isso. Pense nisso!!!

Padre Ezequiel Dal Pozzo

Categorias

Deixe seu comentário